icons.title signature.placeholder Alexandre Braz
11/12/2013
14:03

O ex-lateral-direito Perivaldo, do Botafogo e da Seleção Brasileira, desembarcou no Rio, na manhã desta quarta-feira, após 24 anos longe do país. O ex-jogador estava em Portugal, onde enfrentava sérias dificuldades e chegou a morar na rua. Pery de Pituba, como ficou conhecido, conseguiu voltar ao Brasil graças à ajuda do Sindicato dos Atletas do Estado do Rio de Janeiro (Saferj), que custeou a viagem. Sorridente, com dreadlocks e um terço de Nossa Senhora de Fátima em uma das mãos, o ex-jogador disse ter ficado muito emocioando por pisar novamente em solo brasileiro.

- A emoção é tão grande que até a calça fica pequena. Agora vou descansar (risos) para ver o meu Rio de Janeiro. Agradecer a Nossa Senhora de Fátima e ao Senhor do Bomfim. Pode contar que o Pery vai bater forte aí. gradecer a todos vocês da imprensa daqui e também de Portugal. A imprensa portuguesa está aqui ajudando o Alfredo... Todo mundo dando uma força para o Pery da Pituba. Me impressionou muito o apoio da TV portuguesa e dos portugueses. Muito obrigado mesmo - disse Perivaldo, ao lado do filho e do presidente da Saferj, Alfredo Sampaio.

A história de Perivaldo em Lisboa veio à tona em uma matéria no "Fantástico", da TV Globo. Ele estava morando nas ruas da capital portuguesa. Para o presidente do Sindicato, Alfredo Sampaio, que desde que o caso de Perivaldo foi divulgado, disse que iria trazê-lo de volta ao Brasil, o ex-jogador fez um agradecimento especial.

- Quero dar um abraço bem forte no meu amigo Alfredo Sampaio. Um cara muito legal, meu irmão, que me deu essa força muito grande - disse.

Do aeroporto, Perivaldo seguiu para a Barra da Tijuca onde ficará hospedado em um hotel. Na sexta-feira, ele segue para Itabuna, na Bahia, cidade onde nasceu, para rever os familiares. Na sequência, ele vai para Fortaleza, no Ceará, onde ficará até fevereiro na casa do filho Marcelo, que também não escondeu a alegria de ter o pai de volta.

- Graças a Deus tudo correu da forma com que planejamos. Agora é resgatar essa história bonita que ele construiu aqui. Agora ele vai reconstrui-la. Tenho certeza de uma coisa: A partir de agora, Deus vai escrever uma nova história na vida dele - disse Marcelo, que também é ex-jogador.

ALFREDO SAMPAIO CRITICA FALTA DE APOIO DO GOVERNO

Responsável pelo plano de trazer Perivaldo de volta ao Brasil, Alfredo Sampaio criticou o descaso do poder público com os ex-jogadores de futebol.

- Temos muitos outros casos assim aqui no Brasil. Nós estamos fazendo isso por outros jogadores, só que não divulgamos. O caso dele é especial, porque é um ex-atleta que estava no exterior e morando na rua. Não podíamos virar as costas para ele - disse Alfredo, revelando ainda que não foi difícil convencer o ex-jogador a voltar ao país:

- Ele é muito lúcido, tem uma boa cultura. Quando eu cheguei lá já estava resolvido. Ele é diferente, sabe o que faz.