icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
26/07/2014
22:54

A Fonte Nova, de tantos bons jogos durante a Copa do Mundo, sofreu. Em um duelo marcado por muitos erros e pouco futebol, um deles foi decisivo para o resultado. Em uma falha do goleiro Marcelo Lomba, o Internacional acabou com o jejum de 13 partidas como visitante no Brasileirão e venceu o Bahia por 1 a 0, na noite deste sábado. A última vitória havia sido em 15 de setembro de 2013, ainda com Dunga, em jogo com o Criciúma, no Heriberto Hulse. O Tricolor se afundou na crise - foi o nono jogo sem vencer na competição.

Com o resultado, o Colorado vai aos 22 pontos e assume a vice-liderança da competição, a seis do líder Cruzeiro. Já o Tricolor entra na zona de rebaixamento, com nove pontos. Na próxima rodada, o Inter recebe o Santos no Beira-Rio, no próximo domingo, às 18h30. Já o Bahia vai a São Paulo enfrentar o Palmeiras, às 16h do mesmo dia.

JOGO COM MUITOS ERROS

Um time vem de uma sequência de oito jogos no Brasileirão sem vencer. Outro ainda não ganhou como visitante. Não se podia esperar um jogo daqueles que a Fonte Nova proporcionou no último mês, estádio das goleadas na Copa do Mundo. Apesar da nominata famosa, o Inter começou o primeiro tempo em marcha lenta. Parece ter se surpreendido com a postura do Bahia, que avançou e marcou a troca de passes de Juan e Paulão.

Rhayner e Kieza estiveram dentro da área, prestes a concluir no gol de Dida. Wellington Silva e Fabrício cobriram os zagueiros e salvaram Dida. No ataque, o Inter não conseguiu infiltrar a defesa rival. Com duas linhas de quatro, o Bahia criou uma barreira que impediu finalizações dos gaúchos durante toda a etapa inicial.

Sem confiança, os dois times também abusaram dos erros. Por alguns momentos, a bola parecia ser algo que os jogadores precisavam se livrar. O Bahia menos, o Inter mais. O Tricolor teve a chance de abrir o placar com Uelliton. O volante finalizou da altura da marca do pênalti após falta cobrada por Branquinho e desperdiçou oportunidade incrível. Antes do apito final da etapa, o Inter chegou com Wellington Silva ao fundo. O cruzamento, porém, não foi aproveitado por Rafael Moura e Alan Patrick.

FALHA DECIDE FIM DE JEJUM

O segundo tempo se encaminhava para o mesmo lado. O Inter perdeu D'Alessandro, com um incômodo na coxa esquerda, já sentido no treinamento de sexta-feira, ainda em Porto Alegre. Acabou preservado por Abel Braga e deu lugar a Eduardo Sasha. O time continuou errando muito na parte ofensiva. Só foi dar seu chute a gol aos 15 minutos, com Alex. Marcelo Lomba voou para espalmar e fazer a defesa. No ataque, o Bahia seguia especulando nos contra-ataques, mas só levou perigo em cobrança de falta de Uelliton.

Tudo se encaminhava para um empate. Em um jogo cheio de erros, só com uma falha grotesca para sair um gol. Foi o que aconteceu. Marcelo Lomba se posicionou para segurar firme a finalização de longe de Wellington Silva. Só que a bola passou por entre suas mãos e o Colorado abriu o placar no segundo chute a gol.

A falha de Lomba selou o final do jejum do Inter como visitante, que ainda não havia vencido nesta edição do Brasileirão longe do Rio Grande do Sul. O Bahia teve a chance do empate apenas em falta frontal, da altura da meia-lua, que Uelliton desperdiçou.

FICHA TÉCNICA

BAHIA 0 X 1 INTERNACIONAL

Local: Estádio da Fonte Nova - Salvador (BA)
Data-hora: 26/07 - 21h00
Árbitro: Héber Roberto Lopes (FIFA-SC)
Auxiliares: Kleber Lúcio Gil (FIFA-SC) e Carlos Berkenbrock (SC)
Público-Renda: 5.308 (5.221 pagantes)-R$ 154.076,00
Cartões amarelos: Uelliton (BAH) Alan Patrick, Juan (INT)

Gol: Wellington Silva - 20'/2°T (0-1)

BAHIA: Marcelo Lomba; Roniery, Adaílton, Titi e Pará; Uelliton, Léo Gago e Branquinho (William Barbio - 11'/2°T); Rhayner, (Rafinha - 40'/2°T) Henrique (Emanuel Biancucchi - 21'/2°T) e Kieza - Técnico: Marquinhos Santos.

INTER: Dida; Wellington Silva, Paulão, Juan e Fabrício; Willians, Wellington, D'Alessandro (Eduardo Sasha - intervalo), Alan Patrick (Cláudio Winck - 33'/2°T) e Alex (Ygor - 40'/2°); Rafael Moura - Técnico: Abel Braga.