icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
18/12/2013
19:57

Olá amigos, como vocês sabem, a temporada da Nascar Truck Series acabou no mês passado, por isso estou no Brasil para descansar, rever os amigos, a família, passando alguns dias no Rio Grande do Sul, e também acompanhando algumas corridas.

Estive na Porsche Cup vendo a corrida de meu irmão, Daniel Paludo, e fiquei muito feliz que ele conquistou um pódio. Ainda mais se lembrar que nós começamos a andar juntos no campeonato gaúcho de marcas e minha carreira internacional hoje é fruto desse começo, por isso fico tão feliz.

Também fiquei bastante contente com Ricardo Maurício, campeão da Stock Car e que é um grande amigo meu. Andamos juntos na GT3 Brasil e ganhamos diversas provas com um Porsche. Acompanhei ligado na TV as duas corridas que lhe deram títulos. Foram brilhantes suas etapas, tanto no Brasileiro de Marcas quanto na Stock Car. Foram corridas de muita paciência, onde ele soube usar a estratégia, fez uma grande manobra sobre Thiago Camilo e levou o título.

Também já sei que o ano que vem a Stock vem com uma novidade: uma corrida de convidados, que certamente vai tornar o evento ainda mais emocionante!

Sobre o ano que vem, eu não tenho nada definido. Obviamente, minha intenção é continuar na Nascar Truck Series, especialmente depois de um ano muito bom. Espero renovar com a Turner, mas estou estudando outras propostas que apareceram. Também sei que, as vezes, não é interessante escolher uma equipe que tem uma proposta financeira melhor, pois talvez não me dê uma estrutura tão forte como a da Turner.

Esse ano foi muito interessante: fiz pole, liderei corridas, várias vezes estive perto de vencer, por isso tenho certeza de que em 2014 tudo irá ficar melhor.

Devo fazer algumas provas na Nationwide. Existe a possibilidade de três etapas ano que vem: Elkarth Lake, Mid Ohio e Kentucky, as duas primeiras em mistos e a última num oval. Espero, também, como fiz outras vezes, mostrar competitividade.

Por fim, a Nascar retorna dia 13 de janeiro com os testes de Daytona. Lá a categoria irá testar as frentes de todos os carros para equalizar o rendimento de todas as marcas. Por isso espero já estar acelerando em janeiro, pois a temporada já começa em fevereiro, com o primeiro “start your engines” no dia 23.