icons.title signature.placeholder Eduardo Moura
30/03/2014
15:13

Sem maiores problemas, os 1,5 mil torcedores do Internacional que estarão presentes no clássico 400 deste domingo, ás 16h, chegaram na Arena. Vinte ônibus fizeram o deslocamento e alguns colorados, ao chegarem perto do estádio gremista, saíram por janelas e teto solar para "surfar" sobre os veículos. O clima de provocação não teve nenhum incidente de violência.

Os veículos foram divididos em dois grupos. A Brigada Militar escoltava 10 ônibus do Estádio Beira-Rio para a Arena. Depois de acomodar os torcedores, os policiais saíram para buscar os outros 10 veículos. Foi na segunda leva que os colorados mais exaltados estavam. Quatro torcedores subiram no teto para agitar as camisetas do Inter e provocar os rivais.

Os cantos saídos dos ônibus eram diversos. Provocavam o Grêmio por conta da relação com a OAS, com o já famoso "Paguem o aluguel", e também chamavam os gremistas de racistas, pelos versos de "Chora macaco imundo" em uma das músicas da Geral do Grêmio.

Houve também quem dispensasse a escolta. Diversos colorados chegaram à paisana na Arena. Com as camisetas coloradas em mochilas, desfilavam com roupas de passeio. Até mesmo com as cores do rival, com azul, preto e branco. Tudo para chegar sem sustos ao portão 6, local da entrada de visitantes. Próximo da entrada, os colorados tiravam suas roupas e desfilavam as cores coloradas.

- Chegamos! À paisana, mas estamos aí! - brincou um torcedor.

Um colorado, acompanhado de uma mulher, chegou de carro na Arena. Mas não há estacionamento previsto para torcedor visitante. O homem precisou dar a volta e procurar um lugar em meio a torcida gremista.

Torcedores chegam sem roupas do Inter na Arena (Foto: Eduardo Moura)