icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
17/11/2013
21:59

O jogo até era de certa forma parelho até Walter aproveitar sobra dentro da área, girar, deslocar na saída de Muriel e empatar para o Goiás no primeiro tempo. O atacante, que não comemorou o tento, estava à frente do último defensor colorado, mas o impedimento não foi marcado. Os jogadores colorados, tanto no intervalo quanto na saída de jogo após a derrota por 3 a 1, saíram indignados com a atuação de Wágner Reway no Serra Dourada.

- Até quando vão a roubar do Inter? Até quando vão roubar do Inter? Impedimento, c... - gritava D'Alessandro após o apito final do primeiro tempo.

No segundo tempo, mais reclamação. Os colorados cercaram Reway após uma falta marcada na intermediária. Rafael Moura, dedo em riste, reclamou muito. Levou o cartão amarelo e depois o vermelho. A situação enervou ainda mais os alvirrubros no Serra Dourada.

E MAIS
> Clemer engrossa discurso contra a arbitragem
> De virada, Goiás engole o Inter no Serra Dourada

- Fui enérgico porque só dá falta para o Goiás Tomei amarelo, falei com eduação, não faltei com o respeito. Atrapalha o nosso time, atrapalha minha família, que eu precisava de sequência, é impossível o que esse cara está fazendo. O gol impedido e tirando um jogador do Inter do jogo. Não pode - destacou He-Man, após ser expulso.

- Tem ordem lá de cima para ir mal contra o Inter. Só pode. Tem sido assim nas últimas rodadas, erros contra o Inter - disse D'Alessandro, ao final da partida.