icons.title signature.placeholder RADAR / LANCEPRESS!
13/02/2015
18:45

O ônibus da delegação do Independiente de Medellín (COL) foi atacado por torcedores logo após a vitória por 2 a 1 sobre o Tolima, pela terceira rodada do Campeonato Colombiano, na última quinta-feira. O meia Vladimir Marín sofreu um corte na sobrancelha e teve que levar dois pontos no local.

O jogador foi atingido por uma pedra, jogada por torcedores. Através das redes sociais, o clube se manisfestou e disse ser contra atos de violência.

O auxiliar técnico do clube, Darío Sierra, também se manifestou contra os torcedores e divulgou a foto do jogador machucado.