icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
22/12/2013
18:22

O Comitê Olímpico Brasileiro (COB) celebrou o título da Seleção Brasileira feminina de handebol no Campeonato Mundial da Sérvia, neste domingo. A entidade lembrou o bom resultado adquirido com o projeto de enviar jogadoras para a equipe austríaca do Hypo Nö.

Atualmente, oito brasileiras atuam na Áustria, sendo que seis delas fazem parte da Seleção. Vale lembrar que o Hypo é treinado pelo dinamarquês Morten Soubak, que também é o técnico da Seleção feminina. As brasileiras do Hypo são: Alexandra Nascimento, Ana Paula Rodrigues, Bárbara Arenhart (Babi), Deonise Cavaleiro, Fabiana Diniz (Dara), Fernanda França, que disputaram o mundial, além das jovens Caroline Minto e Francielle Gomes da Rocha, que não foram convocadas para o mundial.

- As meninas da Seleção Brasileira de handebol nos proporcionaram grandes alegrias nesse final de ano. Foi uma conquista da garra, da técnica e da união do grupo. Há dois ciclos olímpicos a Seleção de handebol já vinha fazendo excelentes campanhas. Agora o trabalho amadureceu. Parabéns ao presidente da Confederação Brasileira de Handebol, Manoel Luiz Oliveira, pelo trabalho desenvolvido e às jogadoras e comissão técnica da Seleção pela inédita conquista. Esse resultado fecha um ano excelente para o esporte brasileiro. Foi um grande presente para todos nós - afirmou o presidente do COB, Carlos Arthur Nuzman.

O informe do COB ainda acrescenta que em 2014 a Confederação Brasileira de Handebol (CBHb) receberá cerca de R$ 3.700.000,00 da Lei Agnelo/ Piva.

Antes do Mundial deste ano, o Brasil havia sido eliminado nas quartas de final da Olimpíada de Londres e também do Mundial de 2011, que foi em São Paulo.