icons.title signature.placeholder Diogo Sautchuk e Russel Dias
23/06/2014
09:57

De coadjuvante para o estrelato. Essa é atual situação, que o volante Alison, de 21 anos, está vivendo na Vila Belmiro, apesar de o início com a camisa santista não ter sido nada fácil.

O jogador estreou pelo profissional em setembro de 2011. E o dia, que era para ser de alegrias, é lembrado com tristeza. Em jogo contra o Cruzeiro, o volante rompeu todos os ligamentos do joelho esquerdo logo no primeiro minuto de jogo e teve que se submeter a um tratamento árduo, que durou um ano e meio. O atleta voltou apenas em 2013, na Copa São Paulo de Jr.

Apesar do pesadelo vivido, hoje, o jogador presencia uma outra realidade. Convocado pela Seleção Brasileira sub-21 pela primeira vez e campeão do Torneio de Toulon, na França, com a amarelinha, Alison vive melhor momento de sua carreira e esta passando a ser intitulado como nova joia.

– Esse momento que eu estou vivendo está sendo muito bom. Estou conseguindo desde o ano passado alcançar as coisas que eu sempre sonhei, que era chegar no profissional do Santos, fazer partidas boas e consegui realizar um sonho que eu sempre tive que era de chegar na Seleção Brasileira de base – disse o jogador, em entrevista ao LANCE!Net.

Com 41 jogos com a camisa do Santos (11 nesta temporada), o volante chega com mais experiência e confiança para o restante de 2014. Além da boa fase, Alison assinou recentemente com o conceituado empresário Giuliano Bertolucci.

Segundo o jogador, isto não significa que uma saída para o futebol internacional esteja próxima:

– Meu pensamento é ficar aqui no Santos, conquistar títulos, dar alegrias ao torcedor, que eu acho que é super importante. Estou aqui com a minha família, a família perto de mim e isso que é importante. Meu pensamento é aqui no Santos – garantiu o camisa 29.