icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
29/04/2014
11:35

A desatenção ao que diz o Regulamento Geral de Competições pode causar desfalques nos cofres de alguns clubes da Série A. O STJD vai colocar no banco dos réus quatro equipes que não respeitaram o tempo definido para divulgar a escalação antes das partidas.

Botafogo, Coritiba, Internacional e Vitória foram enquadrados do artigo 191 do CBJD e serão julgados nesta quarta-feira pela Segunda Comissão Disciplinar e podem levar multa de até R$ 100 mil.

O regulamento determina que as escalações devem ser liberadas até 60 minutos antes do horário marcado para a partida. O texto mudou neste ano, já que anteriormente ele previa que a medida deveria ser tomada com até 45 minutos antes do jogo.

O vacilo do Botafogo foi contra o São Paulo, entregando a relação com 10 minutos de atraso. Contra a Chapecoense, o Coritiba atrasou três minutos. No caso de Inter e Vitória, o erro foi casado, no confronto entre as duas equipes. Ambas entregaram com 15 minutos de atraso.

Na versão antiga do regulamento, nenhum dos quatro seria denunciado. Para chamar a atenção, a CBF já enviou ofício a todas as Federações estaduais para que repassem aos clubes a nova legislação.