icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
03/12/2013
07:15

A matemática está contra o Fluminense. Em seis cenários possíveis de rebaixamento no Brasileirão, o Flu só escaparia em um. O Tricolor precisa secar com todas as forças Vasco e Coritiba para fugir da degola.

Segundo Gilcione Nonato Costa, professor da UFMG, a probabilidade de queda do Fluminense é 82%. E o Vasco tem 79% de chances de formar com o rival a Série B mais badalada da história, com dois dos maiores clubes do país.

Os clubes que aguardam Flu ou Vasco – ou até os dois – colocaram a questão na balança e veem com bons olhos o rebaixamento dos gigantes cariocas, ainda que isso restrinja ainda mais as vagas de acesso à Primeira Divisão.

E MAIS
- Fluminense terá três decisões no próximo domingo para ficar na elite
- Torcedores 'profetas' fazem nova previsão otimista para o Vasco

– Clubes como Fluminense e Vasco serão sempre bem-vindos à Série B. Isso gera mais visibilidade e mais retorno financeiro. Neste ano, quando o Palmeiras enfrentou o Icasa, Juazeiro parou – contou Fred Gomes, diretor de futebol do time cearense, que brigou até a última rodada para subir.

Um dos presidentes do América-MG, Marcos Salum prefere que apenas um dos dois caia.

– A competição fica valorizada, melhora em mídia. Mas não precisa ser os dois. Um só está bom – disse Salum, sugerindo mais retorno financeiro aos clubes da Série B:

– Os grandes ganham R$ 80 milhões em cotas de TV, enquanto os outros levam R$ 3 milhões. Os menores deveriam receber mais para deixar a disputa mais equilibrada.

Recém-chegado à Série B depois de seis anos, o Santa Cruz também comemora a chance de enfrentar os grandes do Rio.

– É um cenário legal. Prefiro que venha os dois. Vamos estender tapete vermelho para eles. A Série B ganha muito – opinou Constantino Júnior, diretor de futebol coral.

FLU: DA SÉRIE B PARA A COPA

No Fluminense, três jogadores podem disputar a Série B do ano que vem e representar o Brasil na Copa do Mundo. São os casos de Diego Cavalieri, Fred e Jean, que disputaram a Copa das Confederações deste ano.

No caso do atacante, sua presença já foi praticamente confirmada por Felipão, caso não esteja lesionado. Já Cavalieri disputa vaga com Victor e Diego Alves, para ser o terceiro goleiro. Por último, Jean não vem sendo convocado ultimamente e pode ficar fora do Mundial.

VASCO: NOVO DESCENSO EM CURTO TEMPO

Ao pensar em um novo rebaixamento para a Série B no fim deste Campeonato Brasileiro, o torcedor vascaíno remete ao ano de 2008, quando o Cruz-Maltino caiu pela primeira vez. Assim, caso não consiga evitar a degola nesta temporada, o clube chegaria ao segundo descenso em um espaço de cinco anos.

No elenco de 2008, ídolos como Pedrinho e Edmundo participaram da campanha. Este ano, Juninho, outro ídolo, pode ter o mesmo destino. O Reizinho, que está lesionado, ainda não deu o veredicto, mas existe a possibilidade de que encerre a carreira este ano. Pensando em evitar uma mancha no currículo do camisa 8, os jogadores do clube falam em evitar a queda por ele.