icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
07/03/2014
10:26

O Esportivo emitiu uma nota em seu site oficial nesta sexta-feira garantindo que vai investigar o caso de racismo contra o árbitro Mário Chagas da Silva, que ocorreu na partida contra o Veranópolis, que ocorreu na última quarta-feira. Ao deixar o estádio, ele encontrou bananas na porta do seu carro e a porta arranhada.

"O CLUBE ESPORTIVO BENTO GONÇALVES vem a público informar que está investigando as atitudes relatadas pelo árbitro MÁRCIO CHAGAS DA SILVA, que no dia 05 de março de 2014 alegou ter recebido ofensas racistas durante a partida ocorrida contra a equipe do Veranópolis Esporte Clube.

De pronto, cumpre destacar que, caso tenham ocorridos tais situações, o ESPORTIVO não medirá esforços para encontrar os causadores dessas ofensas.

O Clube, toda sua direção e equipe são completamente contra qualquer atitude ou manifestação de racismo e não medirá esforços para esclarecer os fatos".

O árbitro afirma que não fez Boletim de Ocorrência após o jogo porque estava abalado. Mas que foi orientado pela polícia gaúcha a fazer nesta segunda-feira. Segundo Chagas, não é a primeira vez que é alvo de ofensas racistas em jogos no Gauchão. O árbitro estuda entrar com ação judicial contra o clube, por dano moral.