icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
06/12/2013
13:57

O rebaixamento ainda assombra o Internacional. A necessidade dos colorados é fazer no mínimo um ponto diante da Ponte Preta, no domingo, às 17h, no Centenário. Ou seja, só depende dele para permanecer na Série A. Por isso, o técnico Clemer evita pensar nos duelos dos concorrentes diretos na parte inferior da tabela. Pensa apenas em um sucesso para fugir da situação.

Até o empate é deixado de lado por Clemer. O comandante colorado quer que o time pense apenas no seu resultado. Brincou até que falará que não quer saber quando alguém da comissão técnica tomar conhecimento dos resultados que vão acontecendo durante a rodada.

- Aos outros jogos, não temos que nos preocupar. Só dependemos de nós, temos que focar no nosso. Vamos fazer a nossa parte bem feita, que se fizer, não temos que nos preocupar com ninguém. É o mais importante, já passei para os jogadores. Claro que é difícil, sempre vão falar, mas direi que não quero saber, quero saber do meu jogo. Que a gente faça uma boa partida e consiga uma grande vitória - disse o treinador.

Envolvida com a Copa Sul-Americana, a Ponte já está rebaixada no Brasileirão. Clemer acredita que enfrentará um time misto mandado a campo pelo rival Jorginho. O Colorado está encaminhado para o duelo. Tem como dúvida apenas a presença de Otávio, que não treinou nesta sexta, mas foi liberado pelo departamento médico para participar da partida.

- Referente ao time da Ponte Preta, independente de como eles vierem, temos que fazer o nosso jogo. Se estão mais focados na Sul-Americana. Não acredito que vem com o sub-20. Acho que vem com um time misto. Se vier, temos que fazer o nosso papel, independente de qualquer coisa. Nosso papel é vencer e nos livrar do fantasminha do Z4 - analisou o comandante.

O Internacional ainda treina na tarde de sábado em Bento Gonçalves, provavelmente fechado para imprensa e torcida.. A delegação colorada viaja na noite desta sexta-feira para a Serra gaúcha.