icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
30/11/2013
18:34

O duelo entre Corinthians e Internacional, na noite deste sábado, já decidiu Campeonato Brasileiro, já decidiu Copa do Brasil, já foi relevante. Hoje não é, pela situação de ambos na tabela de classificação. Mas a partir das 21h, o torcedor corintiano estará se despedindo do técnico Tite, no último jogo no Pacaembu. A partida também será o primeiro encontro entre Clemer e o treinador, uma de suas inspirações.

- Em relação ao Tite, com certeza vou agradecer a ele, vou dar um abraço. Não sei qual será a reação e a situação no gramado, vamos ver - projetou Clemer.

O ex-goleiro foi comandado pelo maior vencedor da história do Timão em 2009, no Inter. Foi seu último ano como profissional, já sem ser titular da meta colorada. Por isso, a importância do atual comandante alvinegro cresceu na carreira de Clemer, que sempre valoriza a postura com que Tite lidou com ele, facilitando o momento de abandono dos gramados.

- Tite me tirou de titular do Inter depois de uma derrota. Na época fiquei triste com a situação, mas ali comecei a pensar em uma situação que era hora de parar. Agradeci a ele pela experiência dele que me ajudou bastante - disse Clemer, em outubro.

O treinador colorado tem inspiração em Tite, com passagem pelo Inter vitoriosa, com título da Copa Sul-Americana e final da Copa do Brasil, em 2008 e 2009, respectivamente. Clemer, em algumas entrevistas, usa termos consagrados por Tite, como "treinabilidade" e "confiabilidade". Termos pelos quais Tite chegou a ser ridicularizado em anos anteriores, até acabar campeão da Libertadores e do Mundial com o Timão.

O encontro também é inusitado porque Tite recebeu contato do Internacional para assumir a equipe em 2014, mas recusou. Clemer seria também uma das opções para o cargo, mas Abel Braga, também uma das inspirações do ex-arqueiro, deve ser anunciado nos próximos dias pelo clube gaúcho.