icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
11/07/2013
11:12

Jogador palmeirense entre 2009 e 2010, o meia Cleiton Xavier retirou a ação que moveu contra o clube, pedindo o pagamento dos direitos de imagem no período em atuou no Alviverde, a qual venceu em primeira instância ainda em maio. As partes se acertaram e o clube pagará de acordo com o que ficou combinado entre eles.

O armador, agora, irá treinar na Academia de Futebol enquanto se recupera de lesão na coxa direita. Ele foi autorizado a fazer o tratamento no Brasil pelo Metalist (UCR), clube com o qual tem contrato até 2017.

Autor de 16 gols durante sua passagem pelo Verdão, Cleiton não ganhou títulos, mas saiu com moral junto à torcida, especialmente pelo gol que marcou contra o Colo Colo, que classificou o time às oitavas de final da Libertadores de 2009. Em diversas vezes o ex-camisa 10 alviverde reiterou seu carinho pelo clube, que cogitou repatriá-lo no final do ano passado.

Jogador palmeirense entre 2009 e 2010, o meia Cleiton Xavier retirou a ação que moveu contra o clube, pedindo o pagamento dos direitos de imagem no período em atuou no Alviverde, a qual venceu em primeira instância ainda em maio. As partes se acertaram e o clube pagará de acordo com o que ficou combinado entre eles.

O armador, agora, irá treinar na Academia de Futebol enquanto se recupera de lesão na coxa direita. Ele foi autorizado a fazer o tratamento no Brasil pelo Metalist (UCR), clube com o qual tem contrato até 2017.

Autor de 16 gols durante sua passagem pelo Verdão, Cleiton não ganhou títulos, mas saiu com moral junto à torcida, especialmente pelo gol que marcou contra o Colo Colo, que classificou o time às oitavas de final da Libertadores de 2009. Em diversas vezes o ex-camisa 10 alviverde reiterou seu carinho pelo clube, que cogitou repatriá-lo no final do ano passado.