icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
10/11/2013
22:46

O Santos perdeu mais uma boa chance de se aproximar do G4 do Campeonato Brasileiro neste domingo, ao empatar por 2 a 2 com o Vasco, no Maracanã. Após sair vencendo por 2 a 0 no primeiro tempo, o Peixe sofreu um gol em cada tempo e deixou o Rio de Janeiro com apenas um ponto.

- Foi um jogo que empatamos com o Vasco, com o Maracanã lotado, mas o estado de espírito parece que foi de derrota. Tivemos chances, poderíamos ter feito quatro, e tomamos um gol de uma bola desviada. Deixamos de matar o jogo, poderíamos ter ganho. Depois do jogo com o Náutico, esse deve ter sido o que mais tivemos chances. Não podemos voltar atrás, não fizemos os gols. Temos de ganhar os próximos cinco, para esse jogo ser um a mais e não uma coisa perdida - analisou o técnico.

Willian José, Geuvânio e Montillo tiveram chances de deixar o Santos com vantagem maior ao longo dos 90 minutos, mas o time do técnico Adilson Batista conseguiu a igualdade após muito insistir no segundo tempo.

- Hoje parecia uma decisão de campeonato pela entrega de todos. Não quero dizer que o Vasco é inferior, mas no jogo de hoje poderíamos sair tranquilos com a vitória. O sentimento é terrível, ficamos chateados, mas o Vasco teve o mérito de tentar até o fim, a torcida apoiou. Nossa equipe entrou consciente de que o Vasco viria para cima. Disse que tínhamos que agredí-los. Tivemos chances, mas não concluímos bem - resumiu o técnico.

Com 45 pontos, o clube da Vila Belmiro pulou da décima para a nona posição, mas se mantém a oito pontos do G4, com 15 ainda em disputa. Na próxima quinta-feira, o duelo é com o Bahia, no Pacaembu, às 19h30.

Na raça! Vasco arranca empate com Santos em Maraca lotado