icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
17/12/2013
20:13

Logo após a vitória sobre o Guangzhou por 3 a 0, nesta terça-feira, em Agadir, pela semifinal do Mundial de Clubes, os jogadores do Bayern de Munique não esconderam o desejo de somar mais uma conquista em seus currículos. O meia Lahm lembrou que o Mundial é uma competição inédita para a maioria dos jogadores da equipe, e que o objetivo agora é o título.

- Nós estamos jogando um torneio que quase nenhum de nós havia disputado antes. Queríamos chegar à final, e agora que chegamos à ela queremos conquistá-la – disse o capitão do Bayern.

O treinador Pep Guardiola também falou na saída do campo de jogo do Stade d'Agadir. O espanhol fez questão de citar o seu antecessor, Jupp Heynckes.

- Este último título do ano também será dedicado a Jupp Heynckes. Tudo isso é consequência do seu trabalho – disse Guardiola, lembrando que o Bayern só está na disputa do Mundial de Clubes justamente pelo sucesso do trabalho de Heynckes na conquista da Liga dos Campeões.

E MAIS:

Ribéry marca e Bayern vai à final do Mundial com goleada
Presidente da Fifa escuta apelo para rebaixar o Fluminense

Por sua vez, o meia Ribéry exaltou a seriedade com a qual o Bayern de Munique encarou a partida contra o campeão asiático.

- Fizemos bem o nosso trabalho. Jogamos com seriedade e agora estamos na final - afirmou.