icons.title signature.placeholder Daniel Hippertt
13/03/2014
18:50

Através de reunião realizada nesta quinta-feira, entre Paraná Clube, Atlético-PR e a Federação Paranaense de Futebol (FPF), ficou decidido que as partidas pelas quartas de final do Estadual entre as duas equipes serão disputadas em jogos com torcida única. A medida foi tomada para evitar problemas com a segurança. O Ecostádio – palco do primeiro duelo – comporta apenas 3 mil torcedores, e não é de fácil acesso. Logo, apenas torcedores atleticanos assistirão ao jogo na casa do JMalucelli. Na volta, em Vila Capanema, apenas paranistas estarão presentes.

O presidente da FPF, Hélio Cury, dono da palavra final, afirmou ao LANCE!Net, por telefone, que se a situação foi interesse geral, não havia motivos para que a Federação se colocasse à frente da questão, proibindo jogos de torcida única. Entretanto, mesmo pensando no bem maior, ele admite que não é o ideal.

– Se a Polícia Militar e o Ministério Público disseram que não haveria problema, e os dois clubes me pediram para que fosse assim, não tinha porque remar contra. Penso que para o campeonato não é bom. Mas temos que priorizar a segurança – revelou Cury, ao L!Net.

Na última vez em que Tricolor e Rubro-Negro se enfrentaram, melhor para o primeiro. No último domingo, a equipe comandada por Milton Mendes aplicou uma sonora goleada nos jovens de Dejan Petkovic: 4 a 0. Tal resultado garantiu o Paraná em primeiro e definiu os novos confrontos entre as equipes.

Enquanto o time Sub-23 do Atlético pensa nas quartas de final do Paranaense, a equipe principal entrará em campo logo mais, a partir das 23h30 (de Brasília), para enfrentar o Universitario, do Peru, em duelo válido pela terceira rodada do Grupo 1 da Libertadores e que terá transmissão em tempo real do LANCE!Net.