icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
10/03/2014
17:42

Pela 13ª rodada do Campeonato Goiano, o Goiás empatou em 1 a 1 com o Atlético-GO. Na partida realizada no Serra Dourada, o árbitro Roberto Giovanni foi destaque por ter anotado três penalidades.

A primeira delas foi convertida em gol por Márcio. O goleiro atleticano ainda defendeu, posteriormente, uma cobrança a favor do Esmeraldino: Clayton Sales quem perdeu a oportunidade. Já no final da segunda etapa, aos 46 minutos, Lima, em novo pênalti para a equipe da casa, não desperdiçou e manteve a invencibilidade do Goiás na competição.

Claudinei Oliveira, treinador esmeraldino, não quis comentar a respeito da atuação da arbitragem, segundo ele, isso o tornaria "um cara ranzinza". O técnico preferiu enaltecer a reação de sua equipe frente ao placar desfavorável:

- O time poderia ter se abatido, perdido a cabeça, dado pontapé. Mas continuamos indo para cima.

O treinador também falou a respeito da invencibilidade de seu time, já classificado para as semifinais da competição, e a possibilidade de conquistar o estadual:

- Queremos ser campeões invictos, se possível, mas isso não é primordial. O que queremos é dar a volta olímpica.

Com o empate dentro de casa, o Goiás chegou a 33 pontos e se manteve como líder do grupo A. O time terá folga na próxima rodada do Goianão e, portanto, só jogará daqui a 10 dias. A próxima partida do Esmeraldino será realizada dia 19 de março, contra o CRAC, no estádio Gernevino da Fonseca.