icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!/RADAR
03/02/2015
19:24

O primeiro dia de competições em João Pessoa definiu os últimos classificados ao Circuito Banco do Brasil Nacional, na Praia de Cabo Branco. Quatro duplas no naipe masculino e outras quatro no feminino conquistaram a vaga no qualifying, torneio eliminatório, e avançaram à fase de grupos nesta terça-feira. Destaque para duas duplas que disputarão a competição pela primeira vez na temporada.

Os jogos seguem com a fase de grupos e quartas de final nesta quarta-feira, a partir das 9h30 (de Brasília), com entrada franca para a torcida na Praia de Cabo Branco.

Ao todo foram disputados 37 jogos, sendo 25 no quali masculino e 12 no feminino. Aline/Angie e Twendy/Alana são as ‘estreantes’ na etapa principal do torneio. Além delas, também conquistaram a vaga Bárbara Ferreira/Natasha e Alba/Juliana Simões. No masculino, classificaram-se Jefferson/Nilton, Lobeira/Vinícius, Zé Írio/Léo e Eduardo Davi/Arthur Lanci.

Com 29 times na disputa, as duplas no torneio masculino tiveram que vencer três jogos eliminatórios para conquistarem a vaga. O primeiro time garantido na fase de grupos foi Jefferson/Nilton, que na partida valendo a vaga derrotou Eder/Miguel por 2 sets a 0, em 45 minutos. Lobeira e Vinícius também conquistaram a classificação ao vencerem Hugo/Leandro por 2 sets a 0, em 40 minutos.

Zé Írio e Léo entraram na fase de grupos com triunfo, na terceira partida, sobre Yuri/Léo, por 2 sets a 1, em 51 minutos. Por fim, as jovens promessas paranaenses Arthur Lanci e Eduardo Davi conseguiram o acesso à fase principal do torneio ao derrotarem Carlos Luciano/Ralph por 2 sets a 1, em 48 minutos.

Os classificados se juntam aos já garantidos na fase de grupos Fábio Luiz/Ícaro, Daniel Souza/Averaldo, Márcio Gaudie/Marcus, George/Guto, Álvaro Andrade/Anderson Melo, Fabiano/Rodrigo Saunders, Luccas Lima/Brian e Gilmário/Renatão.

Estreantes na fase de grupos

O feminino contou com 16 duplas brigando pelas últimas quatro vagas ao torneio principal. Cada time entrou em quadra duas vezes para conseguir a classificação. O primeiro time a se garantir na etapa principal do Nacional foi a equipe formada por Bárbara Ferreira e Natasha. Na partida valendo a vaga, elas venceram Thamara/Maria Clara por 2 sets a 1, em 50 minutos de jogo.

E MAIS:
> Convidada para etapa do Circuito BB, dupla americana elogia vôlei brasileiro

Em seguida, quem também conquistou a classificação foi a equipe formada por Alba e Juliana Simões (BA/PR), que venceram no segundo jogo delas no dia a dupla Pity/Carol: 2 sets a 1, em 56 minutos de partida.

Outra duas equipes se classificaram pela primeira vez à fase de grupos do Nacional nesta temporada. A primeira foi a formada por Aline/Angie, que venceu Rosimeire Lima/Beatriz por 2 sets a 0 , em 33 minutos. Outro time estreante na chave principal foi o de Twendy/Alana, que venceu Hegê/Verena por 2 sets a 1, em 53 minutos de jogo.

As classificadas se juntam a Rachel/Michelle, Mayana/Flávia, Rafaela/Carolina, Haissa/Fabrine, Pauline/Paula Hoffmann, Sandressa/Solange, Danielle/Aline e Polyana/Amanda, que já estavam garantidas pela pontuação no ranking de entradas.

Na primeira etapa, em Vitória, Danielle/Aline e Ícaro/Averaldo ficaram com o título. No torneio seguinte, no Rio de Janeiro, Andréa Teixeira/Leize e Jô/Léo Vieira foram os campeões. Já em Campinas, na terceira etapa, outras duplas diferentes no lugar mais alto do pódio: Daniel Lazzari/Felipe Cavazin e Fabíola/Thaís.

Em São José (SC), na quarta etapa da temporada, o Nacional teve como campeões André/Marcus Borlini e Andréa Teixeira/Leize. Em Brasília, títulos para Léo Gomes/Bernart e Érica Freitas/Luiza Amélia. Novamente em Brasília, pela sexta etapa, Semírames/Bruna e Luizão/Fernandão foram os campeões. Após esta etapa, outras duas acontecerão em 2015: Campinas e Rio de Janeiro.

Sobre o Nacional

O Circuito Banco do Brasil Nacional foi criado em 2012, quando o calendário do vôlei de praia brasileiro foi reformulado, passando a iniciar no segundo semestre de um ano e se estendendo até abril do ano seguinte. A competição foi formulada como uma forma de divisão de acesso dos atletas que se destacam para ingressarem na disputa do Circuito Banco do Brasil Vôlei de Praia Open, principal torneio da modalidade.

A dupla campeã de uma etapa do Nacional faz mais pontos (260) do que o quinto colocado de uma etapa Open (240). Com isso, diversas trocas de posições entre duplas de ambos os Circuitos acontecem ao longo dos torneios.