icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
03/02/2015
09:06

O Circuito Banco do Brasil Nacional, que acontece de terça-feira (03.02) a quinta-feira (05.02), abre uma ‘maratona’ do esporte em João Pessoa. Os jogos serão realizados na Praia de Cabo Branco, com entrada franca para a torcida. Na sequência, de sexta-feira a domingo, a cidade também será palco do Circuito Banco do Brasil Vôlei de Praia Open, que reúne os 16 melhores times masculino e feminino do ranking.

O Nacional contará com diversos atrativos aos torcedores e amantes do vôlei de praia. Além da presença do campeão mundial e medalhista olímpico Fábio Luiz, prata nos Jogos Olímpicos de Pequim, na China, o torneio terá ao menos quatro representantes locais, já garantidos na fase de grupos, e novas formações. Defenderão o estado Ícaro, George, Gilmário e Renatão.

Campeão Mundial Sub-19 em 2014, o paraibano George quer fazer bonito em casa e conta com a torcida dos familiares e amigos em busca do pódio.

- Jogar em casa é sempre bom, sempre muito divertido. Os amigos e parentes ficam sabendo e comparecem para torcer, até alguns de outras cidades próximas. Isso é um fator que pode ajudar na partida. Guto e eu estamos numa crescente, ele passa uma experiência que eu não tenho, além de tranquilidade. É um grande atleta e acredito que só conseguiria adquirir essas coisas jogando com ele - disse George.

O primeiro dia de competição (sexta-feira) é reservado para o torneio qualifying, quando os 30 times inscritos no masculino e 16 no feminino brigam pelas últimas quatro vagas no torneio principal em jogos eliminatórios simples. Os classificados se juntam aos oito times já garantidos pelo ranking e disputam os jogos da fase de grupos e das quartas de final no sábado. As semifinais, disputas do bronze e finais ocorrem no domingo.

Já estão garantidos na fase de grupos Fábio Luiz/Ícaro (ES/PB), Daniel Souza/Averaldo (RJ/TO), Márcio Gaudie/Marcus (RJ), George/Guto (PB/SP), Álvaro Andrade/Anderson Melo (SE/RJ), Fabiano/Rodrigo Saunders (PE/CE), Luccas Lima/Brian (SP/SC) e Gilmário/Renatão (PB).

No torneio feminino entram direto na fase de grupos Rachel/Michelle (RJ), Mayana/Flávia (TO/RJ), Rafaela/Carolina (PA/RJ), Haissa/Fabrine (MS/BA), Pauline/Paula Hoffmann (RJ), Sandressa/Solange (AL/DF), Danielle/Aline (MS/BA) e Polyana/Amanda (SE/RJ).

Na primeira etapa, em Vitória (ES), Danielle/Aline (MS/BA) e Ícaro/Averaldo (PB/TO) ficaram com o título. No torneio seguinte, no Rio de Janeiro, Andréa Teixeira/Leize (SC) e Jô/Léo Vieira (PB/DF) foram os campeões. Já em Campinas (SP), na terceira etapa, outras duplas diferentes no lugar mais alto do pódio: Daniel Lazzari/Felipe Cavazin (SC/PR) e Fabíola/Thaís (DF/RJ).

Em São José (SC), na quarta etapa da temporada, o Nacional teve como campeões André/Marcus Borlini (ES) e Andréa Teixeira/Leize (SC). Em Brasília, títulos para Léo Gomes/Bernart (RJ) e Érica Freitas/Luiza Amélia (MG/CE). Novamente em Brasília, pela sexta etapa, Semírames/Bruna (ES/PB) e Luizão/Fernandão (AM/ES) foram os campeões. Após esta etapa, outras duas acontecerão em 2015: Campinas (SP) e Rio de Janeiro (RJ).

SOBRE O NACIONAL

O Circuito Banco do Brasil Nacional foi criado em 2012 como uma forma de divisão de acesso dos atletas que se destacam para ingressarem na disputa do Circuito Banco do Brasil Vôlei de Praia Open, principal torneio da modalidade.

A dupla campeã de uma etapa do Nacional faz mais pontos (260) do que o quinto colocado de uma etapa Open (240). Com isso, diversas trocas de posições entre duplas de ambos os Circuitos acontecem ao longo dos torneios.