icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
13/03/2014
12:01

Não bastasse o prejuízo na tabela causado pelo empate em 2 a 2 com o Bolívar (BOL), no Maracanã, na noite desta quarta-feira, o Flamengo ainda ganhou outros problemas. Três jogadores saíram lesionados do confronto e preocupam para o jogo contra os mesmos bolivianos, em La Paz, na próxima semana.

O lateral-direito Léo, que estava substituindo o já lesionado Léo Moura (com dores na coxa esquerda), sentiu um incômodo no músculo posterior da coxa direita ainda no intervalo. O mesmo problema atingiu o meia Elano, que deixou a partida aos 17 minutos da etapa final. Ambos serão reavaliados no treino da tarde desta quinta-feira, no Ninho do Urubu, para saber a gravidade das lesões.

Já Léo Moura, apesar de um exame mais detalhado feito na última segunda-feira não ter apontado qualquer lesão, ainda não tem presença assegurada no treino de logo mais, tal como André Santos, que reclamou de dores na coxa esquerda.

O caso que mais preocupa é o do volante paraguaio Cáceres. Já no fim da partida contra o Bolívar, o jogador caiu de mau jeito numa disputa de bola e sofreu uma luxação no ombro direito. Ainda no Maracanã, o discurso do departamento médico era de que ele é dúvida para a partida em La Paz.

- Eu não posso especular. Esses três meninos (Léo, Elano e Cáceres) serão avaliados, pelo menos a do Elano e do Cáceres parecem que não são tão sérias. A do Léo foi menos grave. Temos que esperar o Léo Moura e o André Santos, acho que eles terão condições de jogo. Lógico que queríamos todos em La Paz. Precisamos acreditar no nosso grupo, quem for lá sabe que será uma partida muito difícil. Além disso tem o problema da altitude - avisou o técnico Jayme de Almeida, em entrevista coletiva.

Em segundo lugar no Grupo 7 da Libertadores, com quatro pontos, o Flamengo enfrentará o mesmo Bolívar na próxima quarta-feira, dia 19, na altitude de quase 3.700 metros de La Paz. A delegação chega em Santa Cruz de la Sierra no domingo, treina na cidade segunda e terça-feira e sobe para La Paz apenas no dia da partida.