icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
17/11/2014
11:17

A 34ª rodada do Brasileirão foi recheada de emoção, uma vez que o campeonato está na reta final. Agora, qualquer vitória será bem mais expressiva do que antes, pois estão em jogo título, Libertadores, rebaixamento... E como o gol é o momento mais forte do futebol, separamos alguns desta rodada que estariam nesse contexto. Fizemos também enquetes para que você possa votar, caso queira. Confira a sequência.

CONFIRA OS GOLS E VOCE NA ENQUETE
> Qual o gol mais importante da rodada?


Edson para o Fluminense - gol salvador de Edson na vitória por 1 a 0 sobre o Botafogo, escorando de cabeça cruzamento de Wagner, aos 28 minutos do segundo tempo. Foi gol na hora certa.


Nixon para o Flamengo - o Rubro-Negro estava vencendo, mandando no jogo, mas relaxou e quase deixou Joel, do Coritiba, estragar a festa. Mas Nixon garantiu a vitória, após receber de Canteros, dominar e tirar o goleiro Vanderlei da jogada, aos 35 minutos da etapa final. Foi o terceiro gol do Flamengo na vitória por 3 a 2. Não fosse ele...


Paulão para o Internacional - o jogo contra o Goiás, no Beira-Rio, estava ficando dramático quando um inusitado Paulão, zagueiro, apareceu para marcar um golaço de bicicleta. Foi suficiente para manter o Inter no G4, em terceiro lugar na tabela do Brasileirão.


Ricardo Goulart para o Cruzeiro - vencer o Santos não é fácil. E quando o jogo é na Vila Belmiro, o que dizer? No lance, a zaga santista falhou na saída de bola e Ricardo Goulart não perdoou. Tapa frio no canto de Aranha e agora a Raposa faz a contagem regressiva para o título, pois na próxima rodada pode abrir até sete pontos de vantagem para o vice-líder, São Paulo.

Renato Augusto para o Corinthians - Danilo levantou a cabeça e encontrou Renato Augusto do o outro lado da área do Bahia, que só teve o trabalho de mandar a bola para o fundo da rede na Fonte Nova. Parece simples, mas havia já 37 minutos de jogo no segundo tempo. Foi o gol de Renato Augusto que garantiu ao Timão chegar aos 60 pontos na tabela. Está fora do G4, mas com o mesmo número de pontos que o Grêmio, quarto colocado. A Libertadores continua logo ali para o Corinthians.