icons.title signature.placeholder Guto Mariano
27/02/2015
10:46

Desconstruir retrancas. Foi essa a tônica do último treino do Vasco antes da partida contra o Bangu, sábado, às 16h, na Colina, pela sétima rodada do Campeonato Carioca. Na manhã desta sexta-feira, em São Januário, o técnico Doriva intensificou o trabalho realizado na última quinta-feira e treinou o time jogando para frente.

Durante a atividade, que durou aproximadamente uma hora, Doriva fez diversas paralisações para orientar a armação das jogadas. Na primeira parte, o comandante organizou apenas titulares em campo a fim de aprimorar o toque de bola na construção das jogadas. Doriva bateu na tecla da triangulação pela esquerda, utilizando o lateral Christiano e os meias Julio dos Santos e Bernardo.

- Temos que melhorar essa nossa triangulação, fazer o Christiano jogar! - cobrava o treinador.

Doriva, por ora, cobrava também a aproximação do ataque, fazendo com que o time ficasse o mais compacto possível.

- Vem mais Gilberto, vem mais. Sem usar os zagueiros, vamos! - pedia Doriva.

Logo depois, o time titular, escalado com Martin Silva; Madson, Luan, Rodrigo e Christiano; Serginho, Julio do Santos e Marcinho; Rafael Silva, Bernardo e Gilberto, treinou a parte defensiva com a presença do time reserva. Doriva insistiu nas bolas paradas, o que pode ser uma das armas do Bangu, e orientou o posicionamento dos zagueiros.

Na parte final do treino, Luan, Gilberto, Madson e Bernardo afiaram a mira em cobranças de pênaltis. O volante Guiñazú, que está suspenso e não enfrentará o Alvirrubro, realizou atividade física e técnica junto com o restante do elenco.

O Vasco está na terceira colocação do Campeonato Carioca, com 14 pontos em seis jogos disputados. A equipe está atrás apenas de Botafogo e Flamengo. Logo após o duelo com o Bangu, a equipe viaja na segunda para o Acre, onde enfrenta o Rio Branco, quarta, pela primeira fase da Copa do Brasil.