icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
15/04/2014
13:52

Junior Cigano está na reta final da preparação para seu próximo combate pelo Ultimate. O brasileiro, que encara Stipe Miocic no dia 31 de maio, em São Paulo, participou de um evento promovido pelo UFC onde passou por uma sessão de perguntas online com os fãs, nesta terça-feira.

Como era de se esperar, um dos focos dos internautas foi em relação ao próximo oponente do brasileiro. Logo no início da atividade, Cigano falou sobre Micoic e analisou o que espera do confronto. Segundo o ex-campeão dos pesados, os torcedores podem aguardar ansiosos, porque a luta contra o croata-americano "tem tudo para terminar em nocaute".

- O Miocic é um cara que impressiona. Vem do wrestling e tem um boxe muito bom, rápido e eficaz. Isso é bom para a galera que vai assistir o evento. Tem tudo para ser uma luta muito boa e acabar em nocaute. Nós dois gostamos de buscar o boxe, e estou treinando muito o wrestling e muay thai também, para poder surpreender - afirmou o brasileiro.

Na entrevista, Cigano também falou sobre um antigo duelo que teve contra Fabrício Werdum. O atleta usou o confronto como exemplo quando foi perguntado se já sentiu raiva de algum lutador, mesmo negando que tenha sentido isso contra o compatriota. Com Werdum a uma luta de disputar o título dos pesos-pesados - o brasileiro encara Travis Browne neste sábado - Cigano deixou em aberto uma possível revanche, que pode ser até até pelo cinturão da categoria.

- Raiva acho que não, mas quando lutei contra o Werdum, fiquei com mais vontade de vencer e bater nele, porque ele ficou provocando na semana da luta. Até quando Bruce Buffer falou meu nome, ele disse: "Vai tomar um pau". Aquilo me deixou com vontade, e eu queria mostrar para ele que isso não ia acontecer. Foi até ali que comecei a fazer minha característica de apontar pro chão. Queria tomar alguma atitude, fazer alguma coisa e saiu isso, que faço até hoje. Gostaria muito de fazer essa revanche (com Werdum). Ele vai lutar com Browne agora e pode chegar no cinturão. Se ele conseguir esse título, quem sabe eu não vou tirar dele? (risos) - comentou o lutador.

Junior Cigano e Stipe Miocic se enfrentam na luta principal do TUF Brasil 3 Finale. O evento está marcado para o dia 31 de maio no Ginásio Ibirapuera, em São Paulo, e contará com os finalistas da terceira temporada do The Ultimate Fighter Brasil.

Nesta terça, Cigano esteve em São Paulo para promover sua luta (FOTO: Divulgação/UFC)

Confira abaixo um bate-bola com Cigano:
Você tem vontade de realizar uma quarta luta contra Cain Velásquez?
Quero muito enfrentar o Velásquez novamente. É um cara a ser batido na categoria dos pesados. Acho que tenho todas as condições de vencê-lo novamente. Acho que vai ser difícil tirarem o cinturão dele, mas estou muito confiante que posso fazer isso. Cometi erros nas lutas contra ele, mas teve mérito dele. Ele foi muito bem preparado e tem uma condição física invejável para a categoria.

Para você, quem é o melhor lutador do Ultimate atualmente?
O melhor é complicado, tem vários lutadores muito bons. Mas, acho que vou ficar com o Aldo hoje. Não por estar na Nova União, mas antes mesmo, se me perguntassem isso, falaria que é o Aldo. O que ele tem feito na categoria é impressionante. Falam muito do Jon Jones, eu concordo, é um fenômeno e muito bom, mas o Aldo vem mantendo o cinturão por mais tempo. Acho que ele é o cara do momento.

Qual sua opinião sobre abstinência sexual antes da luta ?
Não sei se funciona, mas acho que sim. Normalmente fico uns 10 dias antes da luta segurando a onda. Nunca experimentei da outra forma, porque meu professor me ensinou a fazer isso. Acho que funciona, porque você não pode ficar muito tranquilo. Acho que te dá mais agressividade.