icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
14/07/2014
17:42

Depois da vitória por decisão unânime em disputa de cinturão emocionante contra Lyoto Machida, no UFC 175, no último dia 5 de julho, Chris Weidman ainda não sabe qual será seu próximo passo no Ultimate. Mas uma coisa é certa: ele tem seu preferido. Em participação no programa The MMA Hour, o campeão dos médios apontou Vitor Belfort como pretendido para sua próxima defesa de título, mas ressaltou que o brasileiro tem problemas a resolver quanto a questão do antidoping, exame no qual foi flagrado no início do ano, quando ambos estavam escalados para se enfrentar em maio.

Segundo Weidman, nada ainda foi conversado com o Ultimate após o duelo contra Lyoto. Mas, para ele, Vitor deve ser o próximo na fila caso resolva suas questões junto a Comissão Atlética do Estado de Nevada.

- Gostaria de saber (qual o próximo adversário), mas não falo com Dana (White) ou alguém do UFC desde a luta (dia 5 de julho). Eu quero enfrentar o Vitor Belfort. Ele é o cara que está flutuando pelo topo há um tempo. Ele é outra lenda. Eu meio que cresci curtindo enfrentar lendas que admirei assistir quando entrei no esporte. Obviamente ele tem os problemas com os exames antidoping rolando. Espero que de algum jeito ele consiga resolver isso e ganhe a licença para lutar, mas eu realmente não sei como isso está funcionando. Mas esse é o cara que quero enfrentar - declarou o campeão, elogiando o carioca.

Vale lembrar que Vitor Belfort estava escalado para enfrentar Chris Weidman no UFC 173, dia 24 de maio. Porém, com o banimento do TRT (Terapia de Reposição de Testosterona), o brasileiro perdeu o lugar na disputa para Lyoto Machida. Meses depois, o brasileiro foi escolhido para enfrentar Chael Sonnen, em Las Vegas, mas teve de revelar o resultado de um exame antidoping surpresa realizado em fevereiro. O resultado foi que Vitor tinha os índices elevados de testosterona, o que caracteriza o doping. A Comissão Atlética de Nevada ainda avalia o caso.

Ambos chegaram a promover duelo que aconteceria no UFC 173 (FOTO: Reprodução)