icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
08/07/2014
13:01

Não foi só o cinturão do Ultimate que Chris Weidman levou para casa com a vitória na decisão dos juízes contra Lyoto Machida na disputa de cinturão dos médios do UFC 175, que aconteceu no último sábado, em Las Vegas. O americano, além de levar junto ao brasileiro o bônus de "Luta da Noite", ainda foi dono do maior salário do evento.

Em números divulgados pelo site MMA Fighting, Weidman foi o dono da maior bolsa paga pela organização no evento. Ele recebeu um valor maior do que o dobro do pago a Lyoto. O campeão levou a quantia de US$ 450 mil (cerca de R$ 990 mil) pelo duelo contra Machida. Outros grandes nomes do show a saírem de cena com o bolso cheio foram Lyoto Machida (R$ 440 mil), Ronda Rousey (R$ 265 mil) e Urijah Faber (R$ 265 mil).

Confira a lista dos valores divulgados pela Comissão Atlética de Nevada:
Chris Weidman: US$ 450 mil (R$ 990 mil)
Lyoto Machida: US$ 200 mil (R$ 440 mil)
Ronda Rousey: US$ 120 mil (R$ 265 mil)
Urijah Faber: US$ 120 mil (R$ 265 mil)
Kenny Robertson: US$ 28 mil (R$ 60 mil)
Alexis Davis: US$ 24 mil (R$ 52,8 mil)
Chris Camozzi: US$ 23 mil (R$ 50,6 mil)
Uriah Hall: US$ 20 mil (R$ 44 mil)
George Roop: US$ 20 mil (R$ 44 mil)
Alex Caceres: US$ 19 mil (R$ 41,8 mil)
Russel Doane: US$ 18 mil (R$ 39,6 mil)
Kevin Casey: US$ 16 mil (R$ 35 mil)
Ildemar Marajó: US$ 16 mil (R$ 35 mil)
Rob Font: US$ 16 mil (R$ 35 mil)
Luke Zachirch: US$ 16 mil (R$ 35 mil)
Bruno Carioca: US$ 16 mil (R$ 35 mil)
Thiago Marreta: US$ 10 mil (R$ 22,2 mil)
Marcus Brimage: US$ 10 mil (R$ 22,2 mil)
Bubba Bush: US$ 8 mil (R$ 17 mil)
Guilherme Bomba: US$ 8 mil (R$ 17 mil)