icons.title signature.placeholder Guilherme Cardoso e Rafael Sandrão
24/11/2013
17:51

Último colocado no campeonato de pilotos, nenhum ponto somado. Max Chilton teria algum motivo para comemorar? Sim, não apenas um, mas na verdade dois. Ao cruzar a linha de chegada do GP do Brasil da Fórmula 1, neste domingo, em Interlagos, o britânico conseguiu terminar todas as 19 corridas da temporada.

O fato já entrou para a história da categoria. Afinal, ele é o primeiro estreante a atingir uma sequência tão grande, além de não abandonar nenhuma prova.

Se não bastasse, com os resultados dele (19º) e do companheiro Jules Bianchi (17º) no Brasil, a Marussia conseguiu terminar o Mundial de construtores na décima colocação, deixando a Caterham na laterna. Assim, o time vai receber um bônus financeiro para a próxima temporada.

Em 19 provas no ano, Chilton teve como melhor desempenho o 14º lugar no GP de Mônaco. Na ocasião, ele se envolveu em um acidente com Pastor Maldonado, mas permaneceu na pista.