icons.title signature.placeholder LANCE!Bizz
06/12/2013
17:48


A General Motors (GM) anunciou, nesta sexta-feira 96),que a Chevrolet não irá mais investir no mercado europeu a partir de 2015. O anúncio surpreendeu por conta do recente acordo de patrocínio que a Chevrolet selou com o clube Manchester United. Para estampar a marca a partir de 2015 na parte frontal do uniforme do clube inglês, a montadora americana desembolsará, por sete anos, uma verdadeira fortuna: US$ 559 milhões (R$1,3 bilhão). A marca fornecerá os carros oficias do clube até a temporada de 2015/2016.

Fontes europeias garantem que o alto valor do acordo se deve ao período longo da parceria. A Chevrolet também tem contrato com o Liverpool, estimado em US$ 7,8 milhões (R$ 18,22 milhões).

Segundo nota publicada pela montadora, a decisão de sair da Europa é fruto da “ambiente de negócios desafiador” e da “situação econômica difícil do continente”. A GM irá focar seus investimentos no continente por meio das marcas Opel e Vauxhall, cujas vendas no mercado europeu apresentam uma receita mais positiva.

Uma porta-voz da GM ressaltou que a decisão não afeta os contratos de patrocínio celebrados com o Manchester e com o Liverpool. A justitificativa apresentada é a de que os dois clubes britânicos são considerados marcas globais, características que, segundo a empresa, se alinham ao plano estratégico da GM.

A Chevrolet tem uma presença forte no futebol da América do Norte. Tem contratos de parceria com as federações a liga norte-americana de futebol (MLS) e ainda com a liga canadense (CSA). A marca patrocina ainda o Los Angeles Galaxy, uma das principais equipes americanas.