icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
04/04/2014
07:00

Uma coincidência um tanto quanto conveniente. É podendo unir o útil ao agradável que Jayme de Almeida deve, enfim, dar o posto de centroavante titular do ataque do Flamengo a Alecsandro. A até então compreensível cautela do treinador rubro-negro, agora, não precisa mais ser colocada em prática. Com a lesão de Hernane, o comandante pode fazer, sem qualquer culpa, esta mudança no ataque.

Se os números não mentem, a verdade é que o camisa 19, há algum tempo, tem sido mais útil do que o concorrente Hernane. Com crédito por causa da temporada passada, quando foi o artilheiro do Brasil com 36 gols, Hernane não tem conseguido acompanhar o rendimento de Alecsandro em 2014. Enquanto o Brocador acumula apenas seis gols neste ano, seu concorrente dispara na liderança da artilharia do Rubro-Negro, com 11 tentos.

E MAIS
- Xô, pressão! Vitória sobre o Emelec dá tranquilidade ao Flamengo
- Sem clube, Renato Abreu confia em classificação do Fla na Libertadores

Confortável pelo bom momento dentro de campo, Alecgol não dispensa a humildade na hora de falar sobre a concorrência com Hernane. Para o camisa 19, o mais importante é que ele tem conseguido corresponder à altura.

– Tenho jogado forte, treinado bem e espero sempre dar meu melhor para que possamos atuar em alto nível. O Jayme sabe da minha qualidade e da do Hernane. O que me deixa mais satisfeito é poder estar conseguindo ajudar o time – comentou Alecsandro.

Assim como o concorrente, o Brocador evita falar da disputa pelo posto de titular. Para o camisa 9 rubro-negro, o que vale é o Flamengo vencer as partidas.

– Não tem disputa, quando ele (Alecsandro) entra, consegue ajudar, da mesma forma que eu. O que importa é vencer – disse Hernane.

Por fim, é aguardar para ver quem será o titular nos próximos jogos do Flamengo.