icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
23/11/2014
16:29

A derrota do Bahia para o Atlético-PR, neste sábado, pode não ter decretado oficialmente o rebaixamento do clube, mas deixou iminente uma situação que vem se arrastando durante a temporada.

Após a partida, o técnico Charles Fabian evitou falar em culpados, e pediu que todos do grupo tricolor assumissem a responsabilidade pela campanha pífia que, a depender dos resultados deste domingo, culminará no descenso do Tricolor de Aço à Segunda Divisão.

- Não adianta ficar buscando culpados ou erros. Todos têm uma parcelas de culpa e devem assumir responsabilidades. Hoje, o que resta a todos nós é pedir desculpas ao torcedor.

Sobre a partida, que terminou com o placar de 2 a 1 para oFuracão, Charles reclamou da arbitragem, afirmando que o juiz André Luiz Castro de Freitas deixou de marcar dois pênaltis a favor do Esquadrão de Aço, prejudicando o Bahia.

- O que o árbitro fez hoje é uma vergonha. Dois pênaltis para a gente. Tem um lance que Lincoln ia entrar de cara para o gol e marcou impedimento. Podia até não fazer o gol. Jogo que vem ele está apitando. E os caras sofrendo. Os jogadores estavam chorando. Outros com sentimento de impotência. Não podemos fazer nada contra esses caras do apito. Coloca na memória o pênalti que deram contra a gente no jogo contra o Cruzeiro. O Bahia foi castigado na competição.

O Bahia volta a jogar no próximo domingo, contra o Grêmio, na Arena Fonte Nova, em duelo válido pela 37ª rodada do Brasileiro.