icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
29/11/2013
13:40

A espera de Charles do Bronx pela primeira oportunidade de lutar no Brasil pelo UFC está próxima de chegar ao fim. Desde 2010 atuando pela organização - já foram nove lutas - o atleta nunca experimentou a sensação de atuar com o apoio da torcida, nos dois anos desde que o evento voltou ao país. Nesta quinta-feira, 28 de novembro, a grande notícia veio com o anúncio do duelo entre Charles e o britânico Andy Ogle em Jaraguá do Sul (SC), no dia 15 de fevereiro.

Empolgado com a oportunidade, o paulista, que em sua última aparição faturou o bônus de melhor luta da noite, diante de Frankie Edgar, no UFC 162, comemora a chance de, enfim, realizar seu sonho. A última vez que Charles se apresentou no Brasil foi no Warriors Challenge, em fevereiro de 2010, curiosamente em Santa Catarina, mesmo estado que marcará sua volta.

- Fiquei super feliz com a notícia, mas ainda não assinei o contrato. Só estou esperando isso para 'cair a ficha' e ver que realmente é verdade que lutarei em casa. Não consegui nem dormir depois dessa notícia, de tanta ansiedade. Fui treinar virado (risos) - revela o atleta.

Charles do Bronx já está recuperado de lesão na coxa (FOTO: Divulgação)

Após a grande luta contra Edgar, em julho, Charles do Bronx foi logo convocado novamente pelo UFC, mas acabou de fora da edição 166, em outubro, por conta de um estiramento na coxa direita. Completamente recuperado e com a parte física em dia, o atleta já intensifica os treinos para voltar às vitórias diante de Andy Ogle, cujo cartel no UFC é de uma vitória e duas derrotas, a última em outubro, por decisão dos juizes, para Cole Miller.

- Quando soube que lutaria em casa, nem me importei em saber quem era meu adversário. Estou focado e bastante feliz, pronto para dar um show. Vi que o Andy Ogle está vindo de derrota, mas ainda não assisti a nenhum vídeo e vou começar a estudá-lo agora. Pelas informações que recebi, é um cara duro e, por isso, é uma promessa de que faremos um grande espetáculo para os fãs - prevê o lutador.

Um dos palcos de eventos mais bem avaliados pelo Ultimate no Brasil, Jaraguá do Sul fica a 558km, cerca de seis horas, de Guarujá, terra-natal de Charles. A possibilidade de ter amigos e familiares nas arquibancadas o deixa ainda mais animado.

- Quando entrei no UFC, sonhava em de lutar lá fora e consegui. Então agora é a hora de voltar atuar no Brasil. Jaraguá é pertinho da minha casa e minha família pode me assistir, já que eles nunca foram a nenhum evento do Ultimate. Minha torcida será grande lá - garante o brasileiro.