icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
10/07/2013
12:37

O técnico Gilmar Dal Pozzo e o zagueiro Rafael Lima, respectivamente, falaram sobre o difícil compromisso da próxima rodada. Inicialmente, o comandante do Alviverde destacou a importância do jogo diante do Joinville, no próximo sábado(13). O clássico regional coloca frente a frente líder e vice-líder.

Contrário às declarações adversárias fora de campo, o treinador preferiu comparar o momento do oponente em relação ao Catarinão 2013

- Talvez seja o melhor jogo da competição. Eu tenho um respeito muito grande com o Nereu (presidente do Joinville), com o Joinville, porque joguei lá, mas eu quero falar de futebol, do grande momento das equipes de Santa Catarina. Eles estão com um padrão melhor de jogo, um estilo diferente, até porque mudou o técnico. Um entrosamento melhor. Qualificaram o grupo de jogadores. O próprio Lima, não vivia um grande momento e hoje sim, pode desequilibrar pela qualidade que ele tem. É totalmente diferente. Tanto é que a campanha do Joinville no Brasileiro está melhor do que no Estadual - disse o técnico ao site oficial do clube.

Referência dentro de campo, o defensor Rafael, admite que as dificuldades serão maiores do que as encontradas no Estadual. Para Rafael, a mudança na comissão técnica e os reforços qualificaram o tricolor.

- Sem dúvida nenhuma teremos mais dificuldades. Até porque o Arthurzinho está conseguindo fazer com que o grupo do Joinville entenda a competição, entenda o que ele quer, isto é possível ver em números, resultados, pois eles estão na vice-liderança. A gente já sabe que é um grupo de qualidade, conhecemos a maioria dos jogadores. Será um jogo bastante difícil - disse o zagueiro ao site oficial do clube.

No treino da tarde, além de trabalhos físicos, uma movimentação técnica foi orientada. Na sequência, o elenco participou do famoso "rachão".

A líder Chapecoense, com 19 pontos ganhos, enfrenta no próximo sábado, às 16h:20, o Joinville, segundo colocado com 15 pontos, na Arena Joinville.

O técnico Gilmar Dal Pozzo e o zagueiro Rafael Lima, respectivamente, falaram sobre o difícil compromisso da próxima rodada. Inicialmente, o comandante do Alviverde destacou a importância do jogo diante do Joinville, no próximo sábado(13). O clássico regional coloca frente a frente líder e vice-líder.

Contrário às declarações adversárias fora de campo, o treinador preferiu comparar o momento do oponente em relação ao Catarinão 2013

- Talvez seja o melhor jogo da competição. Eu tenho um respeito muito grande com o Nereu (presidente do Joinville), com o Joinville, porque joguei lá, mas eu quero falar de futebol, do grande momento das equipes de Santa Catarina. Eles estão com um padrão melhor de jogo, um estilo diferente, até porque mudou o técnico. Um entrosamento melhor. Qualificaram o grupo de jogadores. O próprio Lima, não vivia um grande momento e hoje sim, pode desequilibrar pela qualidade que ele tem. É totalmente diferente. Tanto é que a campanha do Joinville no Brasileiro está melhor do que no Estadual - disse o técnico ao site oficial do clube.

Referência dentro de campo, o defensor Rafael, admite que as dificuldades serão maiores do que as encontradas no Estadual. Para Rafael, a mudança na comissão técnica e os reforços qualificaram o tricolor.

- Sem dúvida nenhuma teremos mais dificuldades. Até porque o Arthurzinho está conseguindo fazer com que o grupo do Joinville entenda a competição, entenda o que ele quer, isto é possível ver em números, resultados, pois eles estão na vice-liderança. A gente já sabe que é um grupo de qualidade, conhecemos a maioria dos jogadores. Será um jogo bastante difícil - disse o zagueiro ao site oficial do clube.

No treino da tarde, além de trabalhos físicos, uma movimentação técnica foi orientada. Na sequência, o elenco participou do famoso "rachão".

A líder Chapecoense, com 19 pontos ganhos, enfrenta no próximo sábado, às 16h:20, o Joinville, segundo colocado com 15 pontos, na Arena Joinville.