icons.title signature.placeholder Marcello Vieira
22/11/2014
10:29

Definitivamente, está mais difícil. A redução das chances de classificação do Fluminense para a Libertadores não foram constatadas apenas pelo elenco tricolor, mas também pelos números. O LANCE! entrou em contato com o matemático Tristão Garcia e, de acordo com ele, a partida de quinta-feira, que terminou com vitória elástica da Chapecoense por 4 a 1, era fundamental para que o Time se mantivesse como forte candidato ao G4.

– O jogo contra a Chapecoense era um chave para o Fluminense. A derrota complicou bastante as coisas. Agora, o time tem apenas 6% de chances de conseguir a vaga no G4. É importante dizer que, mesmo com esse resultado, ainda tem chances. Mas ficou muito difícil mesmo.

Após esta rodada, o Tricolor permaneceu estagnado na tabela, em 7 lugar, com os mesmos 57 pontos. Ao tropeçar, a equipe do técnico Cristovão Borges viu os adversários se distanciarem, conforme explicou o volante Edson após o confronto, mesmo sem ter feito contas até então.

– As chances para a Libertadores estão bem difíceis agora, porque os concorrentes ganharam e nós tropeçamos. Temos mais três jogos para ver o que vai acontecer no campeonato – afirmou o camisa 19.