icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
29/06/2014
08:00

Depois de ter sido pego num exame antidoping surpresa e ter se aposentado do MMA, Chael Sonnen agora falhou em outro teste realizado pela Comissão Atlética de Nevada. De acordo com o site "MMA Fighting", o lutador realizou um exame cerca de duas semanas depois do teste surpresa e os resultados saíram nesta semana.

Sonnen não só falhou também neste segundo teste como ainda apresentou outras substâncias proibidas. Segundo o site americano, o lutador foi pego por uso de quatro substâncias ilegais para competir no MMA. O atleta apresentou no exame HGH, que é usado para crescimento hormonal; EPO, que aumenta a resistência do atleta; anastrozol que é usado para tratar câncer de mama; e hCG, que ajuda na produção de testosterona.

O lutador chegou a enviar uma declaração para o site americano, explicando a situação. Sonnen voltou a mencionar sua transição para a fase sem TRT, que foi proibido pela Comissão Atlética de Nevada. O atleta chegou a afirmar ainda que não vai contestar o resultado dos exames.

- Sim, a Comissão está ciente de outras medicações prescritas que eu estava tomando e não vou contestar as alegações deles. Vou cooperar com a Comissão e procurar ter um diálogo sobre como lutadores que precisam se adaptar ao fim do TRT podem fazer isso sem violar as regras - comentou o atleta.

Chael Sonnen enfrentaria Vitor Belfort na edição 175 do Ultimate, que acontece no dia 5 de julho, em Las Vegas, nos Estados Unidos. No entanto, o americano foi retirado do evento após ser pego num exame antidoping surpresa. Na ocasião, o atleta foi pego por uso de anastrozol e clomifeno, e afirmou que estava usando as substâncias por problema de fertilidade e para se adaptar ao fim do TRT.