icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
07/12/2013
21:18

Festivo, o jogo deste sábado entre Flamengo e Cruzeiro, pela última rodada do Campeonato Brasileiro, que terminou empatado por 1 a 1, tinha tudo para ser daqueles que poucos lembrariam daqui a um tempo. Contudo, a partida não sairá da memória do goleiro Cesar tão cedo. Melhor jogador em campo, ele fechou o gol, fez pelo menos três intervenções milagrosas e só foi vazado em um chute indefensável de Souza, da Raposa, que decretou o resultado.

Após o jogo, o jovem de apenas 21 anos, que foi aclamado pela torcida durante e após o jogo, estava em êxtase e afirmou que a noite de 7 de dezembro será inesquecível.

– Foi maravilhoso. Estrear aqui no Maracanã era o meu sonho. Estava desde sexta-feira ansioso junto com minha esposa. Sou só um coadjuvante nesse elenco, mas foi uma noite inesquecível, sem dúvidas – afirmou o terceiro goleiro do Flamengo.

Distribuindo autógrafos para os torcedores que estavam na arquibancada após o jogo, Cesar parecia ser um ídolo da torcida. Apesar do assédio, o goleiro não esqueceu de quem lhe ajudou e deu a chance de atuar diante do Maraca lotado:

– Só tenho a agradecer a confiança de todos. Do Jayme, do Cantareli (auxiliar técnico e ex-goleiro do Flamengo) e do Wagner Miranda (preparador de goleiros). Todas defesas foram maravilhosas. Se fizesse um encaixe já estava feliz demais.

Brilhou! César faz milagres e é ovacionado pela torcida