icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
21/03/2014
16:14

O Bayern de Munique pode, neste sábado, comemorar o seu 24º título alemão. Líder isolado, com vantagem de 23 pontos sobre o vice-líder Borussia Dortmund, os bávaros precisam vencer o seu jogo e torcer por uma pequena combinação de resultados. A cervejada da vitória, tradição dos campeões da Bundesliga, é iminente.

A equipe dirigida por Pep Guardiola enfrentará, fora de casa, o Mainz, quinto colocado. Os outros dois jogos, que interessam ao Bayern são Hannover x Borussia Dortmund e Schalke x Eintracht Braunschweig.

Para a festa ser celebrada nesta 26ª rodada o Bayern precisa, primeiro, vencer o seu jogo. Além disso, o Borussia Dortmund e Schalke precisam tropeçar. Este é, porém, apenas o primeiro e mais simples cenário.

Caso o Bayern vença, o Dortmund tropece e o Schalke derrote o lanterna Braunschweig, os bávaros poderão se sentir campeões. Embora não haja a certeza matemática. Neste cenário, a equipe de Gelsenkirchen ficaria 24 pontos atrás dos bávaros. O Bayern teria de perder os oito jogos restantes, o Schalke vencer todos e ainda tirar uma diferença de gols que, neste momento, está em 50.

E se o Bayern empatar? Bem, aí a equipe alcançaria os 72 pontos. Teria de torcer por derrota do Borussia Dortmund e tropeço do Schalke, que sairia de vez da disputa. A vantagem, entre Bayern e Dortmund, ficaria em 24 pontos. Assim, a Salva de Prata só escaparia se o Bayern perdesse todos os jogos, o Dortmund vencesse todos e a diferença no saldo de gols, que é de 35, fosse tirada.

Enfim, a festa pelo título já está armada. Afinal, o Bayern não perde uma partida pelo Campeonato Alemão há 50 rodadas. O time ainda não foi derrotado nesta temporada, e pode se sagrar como o primeiro campeão invicto da história da competição.

As estatísticas do Bayern contra o Mainz também reforçam a ideia do título inevitável. Em 15 confrontos entre os dois times, os bávaros venceram 10, houve dois empates e apenas três triunfos do Mainz. Nos últimos três confrontos, vitórias do Bayern por 4 a 1, 3 a 0 e 3 a 1.