icons.title signature.placeholder João Matheus Ferreira e Matheus Babo
16/06/2014
09:20

Será uma tarefa quase impossível encontrar alemães bebendo algo que não seja cerveja e portugueses tomando outra bebida além de um tradicional vinho do Porto durante o tão esperado confronto entre Alemanha e Portugal, nesta segunda-feira, às 13h, na Arena Fonte Nova, em Salvador, jogo que marca a estreia de ambas as seleções nesta Copa do Mundo.

A explicação é bem simples: enquanto os alemães estão entre os maiores produtores e consumidores de cerveja do mundo, os portugueses têm, em sua essência, a ligação com vinho. Afinal, o vinho do Porto, um dos mais famosos do mundo, é feito em Portugal, como se perceber no nome.

- Não bebo cerveja. Só vinho. Isso sim é bebida - disse o comerciante português Carlos Cadavez.

E após algumas taças de vinho, Carlos, ou Carlinhos, como é conhecido na Cadeg - o Mercado Municipal do Rio de Janeiro, - no qual é dono do restaurante Cantinho das Concertinas, aproveita até par dar um palpite para o duelo desta segunda. A aposta é no melhor jogador do mundo.

- Vai ser duro, mas Portugal ganha de 1 a 0. Gol de Cristiano Ronaldo - disse.

Ainda assim, os torcedores da Alemanha parecem estar mais confiantes. O comerciante Wilson Nogueira Júnior é brasileiro, mas a filha dele, Michele Nogueira Klauss, mora na Alemanha. Entre uma cerveja e outra, demonstra o porquê do otimismo para o jogo contra os portugueses.

- Alemanha ganha de 3 a 1. Tem um toque de bola melhor, mais tranquilidade para jogar. A correria do Cristiano Ronaldo não vai adiantar nada contra os alemães - comentou o vendedor.

Carlos Cadavez e Wilson Nogueira Júnior brindaram antes de duelar nesta segunda (Foto: Paulo Sergio)

E não são apenas os homens que estão palpitando sobre a partida. No bar Delirium Café, zona sul do Rio de Janeiro, a biomédica Laura Amaral, filha de portugueses, estava um pouco "fora de casa", já que o bar é tradicional de cervejas, mas apostou em 2 a 1 para Portugal. Como não poderia ser diferente, foi enfática ao falar que Cristiano Ronaldo fará os gols.

Enquanto isso, a gerente de novos negócios, Maria Elisa Neri, estava mais à vontade e, não apenas apostou na vitória da Alemanha, como deu a entender no palpite que o atacante Miroslav Klose vai igualar ou passar o brasileiro Ronaldo na artilharia das Copas logo na estreia nesta edição.

- Vai ser 3 a 1 para a Alemanha e o Klose vai fazer pelo menos um dos gols - disse.

Torcedores à parte, todos sabem que vinho e cerveja são bastante diferente. Portanto, assim como Alemanha e Portugal vão duelar na tarde desta segunda, as duas tradicionais bebidas não chegam a se confrontar, mas são incompatíveis para serem misturadas.

- São bebidas de estilo e preparo totalmente diferente. Não dá para comparar. A cerveja, dependendo do estilo, dá para ser bebida em quase todo tipo de lugar. É uma bebida que confraterniza ambientes. Já o vinho se encaixa para algo mais calmo, mais íntimo. E as duas harmonizam com estilos de comidas bem diferentes - disse o degustador e especialista em bebidas, Aloísio Bandeira.

Se vai dar Alemanha ou Portugal, só vai dar para saber depois do jogo. Por enquanto, o que se sabe é que a cerveja e o vinho serão companheiros fiéis de cada um destes países na Copa do Mundo. Sendo assim, o que se espera é que os torcedores moderem nas bebidas, mas os jogadores não moderem nem um pouco no espetáculo e nos gols. 

Quem vence? Laura, fã de Portugal, ou Maria Elisa Neri, fã da Alemanha? (Foto: Bruno Lorenzo)