icons.title signature.placeholder Bruno Grossi
13/02/2015
12:53

O São Paulo, muito provavelmente, terá um importante desfalque para o duelo com o Corinthians pela abertura do Grupo 2 da Copa Libertadores da América. O argentino Ricardo Centurión está suspenso pela Conmebol por duas partidas devido a expulsão na Copa Sul-Americana de 2013 e a situação é vista como difícil de ser revertida pelo departamento jurídico do São Paulo.

Centurión foi contratado pelo Tricolor no fim de janeiro como um reforço especial para a Libertadores por falar o mesmo idioma da maioria dos atletas e árbitros da competição. A estreia do meia, no entanto, só deve acontecer na terceira rodada da fase de grupos do torneio internacional, em compromisso contra o San Lorenzo (ARG) no Morumbi.

A expulsão do meia aconteceu em agosto de 2013, durante a primeira passagem pelo Racing. Em duelo local com o Lanús pela segunda fase da Copa Sul-Americana, Centurión recebeu cartão vermelho no segundo tempo e viu de fora a eliminação da equipe de Avellaneda. Logo depois, a promessa argentina foi negociada com o Genoa (ITA), onde não vingou.

No retorno ao Racing, o agora são-paulino não disputou nenhuma partida de torneios organizados pela Conmebol e não cumpriu nenhum dos dois jogos de suspensão impostos pelo comitê disciplinar da entidade. O departamento jurídico do São Paulo aguarda, sem muita esperança, que um recurso seja aceito pelo tribunal.


A informação foi guardada com sete chaves pela diretoria e, certamente, causará mal estar em cima de uma contratação tão badalada. Desde a criação do comitê disciplinar, o sucesso de recursos passou a ser raro na Conmebol, como aconteceu com Luis Fabiano na Sul-Americana do ano passado e na Libertadores de 2013. Em casos como o de Guerrero, do Corinthians, o comitê nem sequer permite a entrada de recursos.

Se a ausência de Centurión for confirmada, Muricy Ramalho terá mais um problema para escalar o ataque diante do Corinthians na próxima quarta-feira. O técnico já não teria Alexandre Pato, que ainda pertence ao Timão e só pode jogar mediante pagamento de multa milionária. Neste sábado, em duelo contra o Bragantino pelo Campeonato Paulista, Alan Kardec deve ter a companhia dos dois desfalques no ataque e, assim, brigar para se garantir como parceiro de Luis Fabiano no Majestoso.