icons.title signature.placeholder Daniel Bortoletto, Eduardo Mendes e Guilherme Abrahão
icons.title signature.placeholder Daniel Bortoletto, Eduardo Mendes e Guilherme Abrahão
05/07/2013
13:24

Os dois maiores centroavantes da Seleção Brasileira nos últimos tempos, Romário e Ronaldo, têm o respeito do atual titular Fred. E isso é intransponível. Ao ser perguntado pela reportagem do LANCE!Net se sonha em ser eleito o melhor do mundo como a dupla de ex-jogadores foi, o camisa 9 preferiu sair pela tangente. Segundo ele, tanto Ronaldo como Romário foram dois dos maiores atacantes que ele viu jogar e não quer saber de comparações.

- Assim como todo torcedor brasileiro, eu também sou fã incondicional de Romário e Ronaldo, foram jogadores geniais, melhores do mundo, artilheiros. Mas até por isso eu não acho que nesse caso a comparação seja bem vinda, porque os estilos de jogo são muito diferentes. Dos últimos atacantes da Seleção, acho que o que mais se aproxima do meu estilo de jogo é o Careca, que mesmo não sendo genial como Romário e Ronaldo, representou muito bem essa camisa amarela. Foi um baita jogador que vestia essa camisa 9 e impunha respeito em qualquer adversário.

Mesmo evitando as comparações, Fred garantiu que está preparado para a responsabilidade de assumir a camisa 9 da Seleção, como já fez na Copa das Confederações. Segundo ele, partidas decisivas são as que mais gosta de atuar.

- Estou preparado para assumir qualquer responsabilidade, gosto de jogos decisivos e mais ainda por estar perto da minha torcida. Esse tipo de partida nunca me intimidou e inclusive me motiva mais para ser uma peça dessa engrenagem da Seleção Brasileira, que tem a chance de dar uma alegria que os brasileiros nunca tiveram de ganhar uma Copa em casa. A individualidade fica para segundo plano, o pensamento é exclusivamente no grupo e na busca pelo título, porque temos uma chance única de superar esse fantasma da Copa de 50 e alcançar o hexa.

Na Seleção Brasileira, Fred atuou em 30 partidas e já marcou 16 gols, mantendo uma média de 0,53 gols por partida.

Para Abel, Fred é o ídolo do momento

Os dois maiores centroavantes da Seleção Brasileira nos últimos tempos, Romário e Ronaldo, têm o respeito do atual titular Fred. E isso é intransponível. Ao ser perguntado pela reportagem do LANCE!Net se sonha em ser eleito o melhor do mundo como a dupla de ex-jogadores foi, o camisa 9 preferiu sair pela tangente. Segundo ele, tanto Ronaldo como Romário foram dois dos maiores atacantes que ele viu jogar e não quer saber de comparações.

- Assim como todo torcedor brasileiro, eu também sou fã incondicional de Romário e Ronaldo, foram jogadores geniais, melhores do mundo, artilheiros. Mas até por isso eu não acho que nesse caso a comparação seja bem vinda, porque os estilos de jogo são muito diferentes. Dos últimos atacantes da Seleção, acho que o que mais se aproxima do meu estilo de jogo é o Careca, que mesmo não sendo genial como Romário e Ronaldo, representou muito bem essa camisa amarela. Foi um baita jogador que vestia essa camisa 9 e impunha respeito em qualquer adversário.

Mesmo evitando as comparações, Fred garantiu que está preparado para a responsabilidade de assumir a camisa 9 da Seleção, como já fez na Copa das Confederações. Segundo ele, partidas decisivas são as que mais gosta de atuar.

- Estou preparado para assumir qualquer responsabilidade, gosto de jogos decisivos e mais ainda por estar perto da minha torcida. Esse tipo de partida nunca me intimidou e inclusive me motiva mais para ser uma peça dessa engrenagem da Seleção Brasileira, que tem a chance de dar uma alegria que os brasileiros nunca tiveram de ganhar uma Copa em casa. A individualidade fica para segundo plano, o pensamento é exclusivamente no grupo e na busca pelo título, porque temos uma chance única de superar esse fantasma da Copa de 50 e alcançar o hexa.

Na Seleção Brasileira, Fred atuou em 30 partidas e já marcou 16 gols, mantendo uma média de 0,53 gols por partida.

Para Abel, Fred é o ídolo do momento