icons.title signature.placeholder Raphael Martins
13/07/2014
20:56

Mesmo com a seleção argentina não tendo conquistado a Copa do Mundo no Maracanã, uma multidão tomou conta da Avenida 9 de Julio. A principal via de Buenos Aires foi palco de uma incrível celebração. 

Enormes procissões de todos os cantos da cidade convergem na Praça do Obelisco. Os argentinos cantam, pulam, sobem nos carros, agitam bandeiras. Paracem celebrar simplesmente o fato de serem argentinos.

Entre um "vamo, vamo, Argentina" e "Soy argentino, el sentimiento no va parar", se canta a introdução do hino ou coisas como "quien no salta es de Brasil". A clássica rivalidade irá continuar da mesma maneira. Não vai ser uma derrota em uma final que irá acabar com isso.  

Se nos primeiros minutos após o jogo houve silêncio entre os que lotaram a Praça San Martín, isto se transformou em festa. Nesta segunda-feria a rotina será retomada. Os argentinos lamentarão a derrota, mas sem antes celebrarem o vice-campeonato como se fosse o próprio título mundial.