icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
23/11/2013
20:11

Rogério Ceni classificou como especial e diferente o feito que alcançará neste domingo, quando entrar em campo contra o Botafogo, no Morumbi, pelo Campeonato Brasileiro. O goleiro vai completar 1.117 partidas pelo São Paulo e ultrapassará Pelé como o jogador que mais vezes vestiu a camisa de um mesmo clube. Ao site oficial do Tricolor, o capitão comentou o recorde.

- Fico contente de poder ter feito uma carreira em um clube como o São Paulo, grande, não é qualquer time. Esse número de jogos em um clube diferente, que ganhou muitas coisas ao longo dos anos e pude participar disso. Você não vai atrás dos recordes, porque eles vão acontecendo naturalmente - afirmou Ceni, que recebeu elogios de Pelé.

- É legal esse amor de não querer sair da equipe. Fico feliz por ele ter alcançado esse recorde, porque muitas vezes ninguém se lembra dos recordes. Isso é fidelidade. Nós fomos fiéis. Se todos os recordes tiver um brasileiro batendo é bom para renovar os meus feitos para as novas gerações - disse o Rei, que disputou 1.116 jogos pelo Santos.

Dos 1.117 jogos, 1.112 foram como titular, outra marca que coloca Ceni no topo. Aliás, o goleiro coleciona feitos. São 17 gols em competições internacionais, 873 vezes como capitão do time, 8.786 minutos sem sair de campo (97 jogos e meio), 132 jogos consecutivos e 990 minutos sem sofrer gol, todos recordes do clube. E, agora, superar Pelé, a quem Rogério prestou reverência.

- Agradeço, porque não é fácil quatro décadas depois conseguir isso. No mundo atual, com um futebol moderno, um atleta conseguir fazer mil jogos não é algo simples. Pouco atletas conseguiram, independentemente se foi na mesma equipe, e isso torna a marca especial e diferente na história - finalizou Ceni.