icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
03/04/2014
17:58

Durante toda a temporada de 2013, Rogério Ceni manteve o suspense sobre sua decisão de abandonar ou não os gramados em dezembro passado. O ídolo se decidiu por continuar a carreira por mais um ano no São Paulo e, nesta quinta-feira, enfatizou que não existe nenhuma possibilidade de adiar a decisão novamente.

- No fim deste ano eu paro mesmo - afirmou, rispidamente, antes de se alongar mais sobre o assunto - Não, não, não vou postergar. Este é meu último ano no São Paulo como atleta profissional de futebol.

Nem mesmo a melhora física e psicológica em relação ao ano passado parece motivar Ceni a permanecer no Morumbi por mais uma temporada. O goleiro-artilheiro garante estar em ótimo momento e lembra com pesar das dificuldades vividas em 2013. Entre lesão no pé direito e falhas esporádicas, o capitão ainda conviveu boa parte do tempo com as chances de rebaixamento no Campeonato Brasileiro.

- Estou me sentindo muito melhor hoje do que no segundo semestre de 2013. Até na média de gols sofridos devo estar melhor. Ano passado foi muito desgastante, foi o pior desde de que comecei a carreira, ainda garoto, e não tinha dinheiro nem para comer durante a noite. O lado emocional foi muito forte - lamentou.

Rogério admite que ainda sofre com dores, mas ressalta que tem se esforçado ao máximo para minimizar os problemas. A melhora, no entanto, não será suficiente para adiar a aposentadoria mais uma vez.

Ceni reconhece que São Paulo precisa melhorar