icons.title signature.placeholder João Matheus Ferreira
03/11/2014
21:38

O que era para ser uma convenção da chapa "Volta Vasco, volta Eurico", a última do candidato à presidência Eurico Miranda antes das eleições de terça-feira que vem, se transformou em um cenário de guerra do lado de fora. Isso porque cerca de 150 membros da torcida organizada Força Jovem (divididos entre pró-Eurico e contra Eurico) se confrontaram nas proximidades do clube Vila da Feira, casa de cultura portuguesa, escolhida para sediar o evento.

O ponto-chave da briga foi na esquina das ruas Haddock Lobo e Barão de Ubá, na Tijuca, Zona Norte do Rio de Janeiro. O confronto assustou moradores e comerciantes do local, tanto que alguns chegaram a fechar as portas. Os "torcedores" chegaram ao local de vans e kombis e a informação é de que sete pessoas foram presas e levadas para a 17ª DP (São Cristovão). Há relatos de que bombas e tiros foram disparados.

MAIS ELEIÇÃO NO VASCO:
>  Vasco divulga duas listas de eleitores e não recadastrados podem votar
>  Tadeu Correia oficializa apoio a Julio Brant

Vale lembrar que próximo ao local, no Tijuca Tênis Clube, acontece a última reunião da chapa "Sempre Vasco", do candidato Julio Brant. Ele, Eurico Miranda e Roberto Monteiro, outro candidato à presidência, travaram rivalidade durante todo o processo eleitoral do Cruz-Maltino.

Policiamento precisou ser reforçado na Tijuca (Foto: João Matheus Ferreira)