icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
24/12/2013
11:04

Celso Barros mostrou insatisfação com a saída do diretor executivo de futebol, Rodrigo Caetano, após o término do Campeonato Brasileiro. O dirigente, que tinha a maior parte de seus vencimentos pagos pela patrocinadora, era um dos homens de confiança de Celso e a saída dele foi comunicada através de uma mensagem enviada por Peter Siemsen, na manhã da demissão.

- Quando dispensaram o Rodrigo Caetano, não falaram comigo. O presidente deixou uma mensagem para mim pela manhã, eu só retornei à tarde e aí ele já tinha demitido o Rodrigo Caetano e contratado o Felipe Ximenes. A Unimed não participou desta negociação - afirmou.

Felipe Ximenes, o novo diretor executivo de futebol, foi uma escolha do próprio clube, que resolvue arcar com os vencimentos do dirigente integralmente. A saída de Caetano foi uma decisão do presidente Peter Siemsen. O contrato de Caetano com o Tricolor terminaria no fim deste mês.