icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
27/06/2014
08:03

A exemplo do que foi feito no ano passado com a Seleção Brasileira feminina de rúgbi, a Confederação Brasileira de Rugby (CBRu) anuncia nesta sexta-feira a centralização da equipe masculina. Os 20 atletas foram selecionados pelo técnico argentino Andrés Romagnoli, após uma série de treinamentos, e agora vão treinar diariamente em São José dos Campos (SP). O objetivo é buscar um bom resultado nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016.

- Tive uma série de treinamentos para conhecer os jogadores interessados no projeto. Junto com o assistente técnico Maurício Coelho foi definido o grupo de atletas. Acredito que o ponto forte desse grupo é que estão todos muito empolgados e com objetivo de melhorar. Sei que precisamos trabalhar muito a parte técnica e física, principalmente, e a centralização vai ajudar nesses pontos - afirmou Romagnoli.

Os atletas escolhidos são: André Luis Nascimento Silva (SPAC), Arthur Bonfim Bergo (SPAC), Bruno Garcia Silva (Jacareí), Diego Martins Gimenez Lopez (Pasteur), Felipe Claro Sant'Ana Silva (SPAC), Felipe Oliveira Bicudo (Curitiba), Fernando Portugal (São José), Frederico Cândido Costa (BH Rugby), Gabriel Bolzan Motta (Charrua), Gustavo Barreiros de Albuquerque (Curitiba), Jefferson Felisberto (São José), Jose Vitor Silva Barbosa (São José), Lucas Domingues (São José), Lucas Drudi Romeu (Jacareí), Lucas Rodrigues Duque (São José), Marco Antonio Cervi (Desterro), Martin Schaefer (SPAC), Pedro Henrique Lopes (São José), Rodrigo Andrioli (Chapecó) e Thiago Maihara (Pasteur).

Além destes jogadores, compõe o grupo da Seleção mais sete atletas descentralizados, que continuarão treinando em suas respectivas cidades, juntando-se aos demais apenas nos treinamentos de fim de semana. São eles: Moisés Duque (São José), Rodolfo Marue Kirch Sampaio Veiga (Desterro), Allan Josefh Martins (SPAC), Erick Monfrinatti Cogliandro (São José), Lucas Amadeu Muller (Desterro), Diogo Borges (São José) e Daniel Gregg (Niterói).

Em maio de 2013, a CBRu iniciou trabalho semelhante com a Seleção feminina. Atualmente, dez jogadoras treinam em São Paulo.