icons.title signature.placeholder Amélia Sabino
02/11/2013
07:49

A eleição da CBF ainda não tem data nem chapas definidas, mas a movimentação para seduzir os eleitores nos bastidores é
grande. A entidade enviou aos 27 presidentes de federação e dos 20 clubes da Série A do Campeonato Brasileiro o convite para a festa da "família do futebol brasileiro". A exemplo do que acontecerá na Costa do Sauípe, local do Sorteio da Copa do Mundo, tudo será custeado pela entidade.

O festa da "família do futebol", conforme consta no convite, será em São Paulo (SP) no próximo dia 25, no Hotel Unique, cuja diária mais barata não sai por menos de R$ 1450. Aqui não foge à regra de um acompanhante por convidado. Serão três dias de hospedagem, fora a passagem para todos eles.

E MAIS:
CBF bancará excursão à Bahia para presidentes das federações

Tudo isso em meio a um processo eleitoral agitado, incomum no comando do futebol brasileiro nos útimos 24 anos, 23 dos quais reinou absoulto Ricardo Teixeira. Segundo cartolas ouvidos pela reportagem, a festa deve marcar a indicação de Marco Polo Del Nero, presidente da Federação Paulista de Futebol, vice-presidente da CBF e membro do Comitê Executivo da Fifa para a eleição de 2014. Aliados, inclusive, já pleiteiam lugar na chapa de Del Nero como vices regionais.

A ideia é que a festa sirva de palco para o lançamento em grande estilo da candidatura de Del Nero, com aliados pedindo a palavra – e votos – para o candidato da situação. Segundo cartolas próximos a Del Nero, sua intenção nos bastidores é
a de que o pleito do próximo ano seja com candidatura única, a sua própria. Pela oposição, Andrés Sanchez, ex-presidente do Corinthians, e Francisco Novelletto, presidente da Federação Gaúcha, trabalham separadamente para viabilizar uma outra chapa, que precisa contar com o apoio de pelo menos oito federações e cinco clubes participantes da Séria A no ano do pleito. A conta dessa eleição, porém, não deve sair barata para a CBF.