icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
11/12/2013
17:56

A CBF notificou ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), nesta quarta-feira, as irregularidades envolvendo as escalações dos jogadores Héverton, da Portuguesa, e André Santos, do Flamengo, na 38ª rodada do Campeonato Brasileiro.

A entidade, porém, não fez julgamento sobre a possível punição que os clubes podem sofrer, determinando até o rebaixamento deles para a Série B.

- Quando existe uma suspeita ou irregularidade que seja comprovada, passamos o caso para o STJD, que irá julgar a questão. Apenas encaminhamos para que o tribunal faça a análise e os clubes possam apresentar os argumentos - explicou Virgílio Elísio, diretor de competições da CBF.

No fim da manhã, o procurador do STJD, Paulo Schmitt, já havia recebido os documentos que comprovavam a irregularidade envolvendo a escalação de Héverton.

- A denúncia está sendo apresentada hoje (quarta-feira), A CBF já enviou os documentos necessários, já que ela sempre faz esses controles - disse o procurador geral do STJD.