icons.title signature.placeholder Matheus Babo
07/11/2013
20:51

O técnico Vanderlei Luxemburgo adotou o mistério fechando os dois últimos dois treinos do Fluminense em Atibaia e os jogadores seguiram a linha de pensamento do comandante do time. Ao ser perguntado sobre o time que deve começar o jogo contra o Corinthians domingo, o jogador preferiu manter a cautela e foi brincalhão.

- Onze jogadores começam, oito no banco ou nove agora que aumentou, mas o que a gente sabe por enquanto é isso. Quem vai sair jogando, a formação que ele vai usar, isso é com o Luxemburgo. Nós treinamos nessa semana, tem amanhã ainda, mas pelo que a gente sabe só no sábado ou na hoa do jogo que nós vamos ter ideia e saber quem vai sair jogando - disse.

Sobre a opção do treinador em manter os treinos fechados e não divulgar a equipe que vai encarar o Corinthians no próximo domingo, o camisa 12 do Fluminense saiu em defesa do treinador e disse que ele tem seus métodos e suas convicções.

- Ele é o comandante, tem as observações dele. Tanto do nosso time, quanto do adversário e tem os critérios dele. Nós respeitamos, ele é o comandante e sempre foi assim. Ele é um cara vencedor, analisa o momento e principalmente a situação do adversário para formar a equipe - explicou.