icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
21/07/2013
18:29

O mau tempo castigou o Estádio Durival de Britto, em Curitiba, neste domingo à tarde. Com isso, a chuva forte prejudicou o confronto entre Atlético-PR e Corinthians, pela oitava rodada do Brasileirão. Apesar de sair atrás no placar logo no começo do jogo, o Timão se recuperou e, com gol de Pato, arrancou o empate. Empate, este, comemorado por Cássio.

Ao término da partida, o goleiro corintiano explicou a estratégia que foi utilizada pelo Timão no jogo diante de um gramado encharcado e cheio de buracos, que se formaram ao longo do confronto.

- O negócio era dar balão e correr atrás da bola. Geralmente as jogadas (ofensivas) acontecem porque a bola fica presa na poça. Mas somamos um ponto fora de casa, isso que importa - explicou.

- Com um gramado encharcado, qualquer erro podia fazer com que a bola sobrasse para um atacante definir o resultado. O empate foi bom com esse gramado - complementou.

Com apenas dez pontos no Brasileirão (duas vitórias, quatro empates e duas derrotas), o Corinthians fica ainda mais longe do líderes. De olho no hexacampeonato nacional, o camisa 12 cobra agora mais atenção dentro dos jogos no Pacaembu. Em quatro jogos em São Paulo, o time conquistou apenas um triunfo.

- Hoje conseguimos ponto fora, mas em casa não podemos perder mais pontos - finalizou.

Em gramado encharcado, Corinthians empata com Atlético-PR

O mau tempo castigou o Estádio Durival de Britto, em Curitiba, neste domingo à tarde. Com isso, a chuva forte prejudicou o confronto entre Atlético-PR e Corinthians, pela oitava rodada do Brasileirão. Apesar de sair atrás no placar logo no começo do jogo, o Timão se recuperou e, com gol de Pato, arrancou o empate. Empate, este, comemorado por Cássio.

Ao término da partida, o goleiro corintiano explicou a estratégia que foi utilizada pelo Timão no jogo diante de um gramado encharcado e cheio de buracos, que se formaram ao longo do confronto.

- O negócio era dar balão e correr atrás da bola. Geralmente as jogadas (ofensivas) acontecem porque a bola fica presa na poça. Mas somamos um ponto fora de casa, isso que importa - explicou.

- Com um gramado encharcado, qualquer erro podia fazer com que a bola sobrasse para um atacante definir o resultado. O empate foi bom com esse gramado - complementou.

Com apenas dez pontos no Brasileirão (duas vitórias, quatro empates e duas derrotas), o Corinthians fica ainda mais longe do líderes. De olho no hexacampeonato nacional, o camisa 12 cobra agora mais atenção dentro dos jogos no Pacaembu. Em quatro jogos em São Paulo, o time conquistou apenas um triunfo.

- Hoje conseguimos ponto fora, mas em casa não podemos perder mais pontos - finalizou.

Em gramado encharcado, Corinthians empata com Atlético-PR