icons.title signature.placeholder LEO BURLÁ E RODRIGO CERQUEIRA
13/06/2014
20:29

O que acontece com Casillas? De fato, é difícil de explicar. Ele perdeu a condição de titular do Real Madrid com José Mourinho. Com a chegada de Carlo Ancelotti no time, também passou por revezamento. E veio a final da Liga dos Campeões, em que se esperava muito do goleiro. Falhou, quase entregou o título, e foi salvo por um gol de Sergio Ramos nos acréscimos, que garantiu a prorrogação e o título dos madrilenos. Nesta sexta-feira, em Salvador, falhas na goleada da Holanda por 5 a 1 na Espanha. Uma delas das mais grosseiras ao dominar a bola errado e deixar Van Persie livre para marcar.

Na saída da Arena Fonte Nova, claro, foi um dos mais assediados pelos jornalistas. E não se escondeu, assumindo os erros, prometendo trabalho e deixando sua titularidade nas mãos de Del Bosque.

- Não estive à altura. A Holanda esteve muito bem, e nossa equipe não. Começando por mim. Mas não podemos pensar mais nessa partida, precisamos pensar no Chile - afirmou o goleiro do Real Madrid e da seleção espanhola, para depois completar:

- Quem decide é o treinador (sobre a titularidade). Primeiro temos que pedir perdão. E em segundo, queremos que a torcida supere essa partida e nos apoie na próxima.

Casillas deixou claro que a partida contra o Chile, no dia 18, no Maracanã, será uma das mais importantes da seleção nos últimos anos. E considera que se trata de uma final de título mundial, tamanha a necessidade de vencer, e se possível com saldo de gols, a seleção sul-americana.